search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Médicos peritos no Estado vão fazer inspeção no INSS para avaliar se voltam ao trabalho

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Médicos peritos no Estado vão fazer inspeção no INSS para avaliar se voltam ao trabalho


Avisos nas portas das agências do INSS de todo o País alertam para a suspensão do atendimento aos usuários (Foto: Reginaldo Pimenta/Agência Estado)
Avisos nas portas das agências do INSS de todo o País alertam para a suspensão do atendimento aos usuários (Foto: Reginaldo Pimenta/Agência Estado)

Os médicos peritos anunciaram que vão fazer inspeções nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do Estado, a partir da próxima segunda-feira (21). As visitas serão feitas em todo o país, lideradas pela Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANPMF). Com isso, a população ainda não terá acesso às perícias médicas na segunda (21).

Em entrevista à TV Tribuna, o delegado da Associação Nacional dos Médicos Peritos no Espírito Santo, Ricardo Augusto Poltronieri, informou que as vistorias serão feitas principalmente nas agências que foram classificadas, pelo governo, como aptas a receber a população para os atendimentos médicos presenciais.

"Nessas agências, a gente vai utilizar requisitos mais amplos e mais seguros e, com base nesses requisitos, se as agências se encontrarem em conformidade com a biossegurança para os técnicos do INSS, para a população e para o perito médico legal, nós voltaremos a voltar normalmente", afirmou. 

Por meio de nota, a ANPMF explicou que a medida foi tomada "devido ao impasse causado pela ruptura de diálogo da Secretaria de Previdência com a Perícia Médica Federal". A associação ainda afirmou que a população estava sendo prejudicada pela "irresponsabilidade e falta de governança" do Ministério da Economia, que está colocando em risco a vida de milhares de pessoas.

"Por isso a ANMP optou por não aguardar mais a mudança de postura dos gestores e, para o bem público, vai assumir por conta própria essas revistorias", diz o comunicado.

Como será a inspeção

De acordo com a Associação Nacional, o mesmo checklist utilizado pelo próprio governo nos dias 8 e 9 de setembro será usado como referencial nas vistorias de segunda-feira (21). Aquelas agências que forem consideradas adequadas serão imediatamente liberadas para que os médicos voltem ao trabalho.

"Já as inaptas serão alvo de um relatório a ser entregue ao INSS solicitando as melhorias devidas e nesses locais a PMF continuará a não comparecer. Medidas de força do governo para obrigar o servidor a arriscar sua saúde e sua vida a trabalhar em agências inadequadas serão combatidas no mesmo patamar", diz o documento.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados