search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Médicos caem em golpe e prejuízo chega a R$ 20 mil

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Médicos caem em golpe e prejuízo chega a R$ 20 mil


Otto Fernando Baptista, presidente do Sindicato dos Médicos do Estado (Simes) (Foto: Divulgação)
Otto Fernando Baptista, presidente do Sindicato dos Médicos do Estado (Simes) (Foto: Divulgação)

Após denúncia feita pelo Sindicato dos Médicos do Estado do Espírito Santo (Simes), no mês passado, de que médicos estariam sendo alvos de criminosos, ele faz um novo alerta. De acordo com o sindicato, o golpe, que vem sendo aplicado há um mês causou prejuízos a mais de 20 médicos.

Os golpistas se passam por funcionários do sindicato e entram em contato, através de ligação telefônica, com médicos que aguardam, na justiça, pagamento de precatórios referentes ao Plano Bresser.

Eles informam aos médicos que o pagamento dos precatórios que foram liberados e solicitam transferências bancárias para arcar com custas de cartório referentes aos processos. Os valores dos depósitos efetuados pelos médicos que caíram no golpe variam de 5 a 20 mil reais.

Por meio de nota, a Simes disse que desde que tomou ciência do golpe vem tomando todas as medidas cabíveis para alertar os médicos e identificar os golpistas.

A ação, também, foi denunciada à polícia, que abriu uma investigação sobre o caso. Mesmo fazendo vários alertas, por meio das mídias sociais do sindicato, os bandidos continuam em ação e novas vítimas caíram no golpe.

O Simes esclareceu que não está entrando em contato com médicos sobre os precatórios do Plano Bresser, que a justiça não liberou o pagamento dos mesmos e que não solicita transferências bancárias dos associados para arcar com custas de cartório.

Além disso, o sindicato pediu aos médicos que quem receber as ligações não realize nenhuma transferência ou depósito e entrem em contato com o sindicato através dos telefones (27) 2104-6060 e (27) 99291-0229.

  • Plano Bresser - 15 de junho de 1987

> Lançado pelas mãos do então ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira, congelou preços, aluguéis e salários
> Estabeleceu a LBC (Letra do Banco Central) como critério de atualização monetária do saldo depositado em caderneta de poupança

O que foi questionado?
Naquele mês, os saldos em caderneta de poupança foram corrigidos pelos bancos 18,02% ante variação de 26,06% do IPC (Índice de Preço ao Consumidor), o que segundo o Idec acarretou em uma diferença de 8% entre os indexadores. Para as entidades de defesa do consumidor, a nova norma não poderia atingir de imediato os poupadores cujos depósitos faziam aniversário até o dia 15 de julho.

Quem perdeu?
Poupador que mantinha, em junho de 1987, saldo em caderneta de poupança com aniversário na primeira quinzena do mês.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados