search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

MEC vai disponibilizar internet de graça para universitários

Notícias

Publicidade | Anuncie

Educação

MEC vai disponibilizar internet de graça para universitários


Para dar assistência aos alunos de instituições federais que não têm acesso à internet, o Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem que vai disponibilizar internet gratuita para os alunos em situação de vulnerabilidade.

Alunos em situação de vulnerabilidade vão ter internet gratuita (Foto: Arquivo/AT)
Alunos em situação de vulnerabilidade vão ter internet gratuita (Foto: Arquivo/AT)
De acordo com o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, os alunos serão escolhidos a partir da renda familiar per capita. A expectativa é que a distribuição dos planos de dados aconteça a partir do dia 20 deste mês.

Segundo Vogel, a internet não será livre. Cada instituto ou universidade vai definir quais sites ou sistemas os alunos poderão acessar, sendo de graça para o aluno.

O modelo ainda será definido pelo MEC, mas há duas opções disponíveis. A primeira é: caso o aluno já tenha um plano de internet, ele poderá por meio do plano dele acessar os conteúdos e não será cobrado o valor de sua franquia. A segunda possibilidade seria o estudante adquirir um chip com a instituição de ensino.

Como essa internet será acessada, de que maneira e quando isso vai acontecer ficará a cargo da instituição de ensino.

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) respondeu que em relação à disponibilização de internet, a Administração Central da Ufes vai aguardar as diretrizes a serem divulgadas pelo MEC.

Já o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) informou que iniciou, desde maio, a realização de atividades pedagógicas não presenciais, por meio de videoaulas e outros meios. Segundo o instituto, a proposta do MEC vai melhorar ainda mais as atividades não presenciais.

O Ifes afirmou ainda que lançou um edital para contratação de pacotes de dados de internet e a viabilização de empréstimo de equipamentos, além de algumas unidades estarem no processo de adquirir tablets para os estudantes.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados