search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

MDB pode substituir Tebet na disputa do Senado
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


MDB pode substituir Tebet na disputa do Senado

Nome do MDB à presidência do Senado, Simone Tebet (MS) está em uma encruzilhada: tornar viável a candidatura ou ceder seu lugar a outro emedebista. Para ser escolhida candidata, ela alegou aos senadores do MDB que teria adesões suficientes para vencer a disputa, citando o apoio das bancadas do Podemos e PSDB, que não se confirmou. O MDB fixou informalmente amanhã como prazo fatal para Tebet reverter ao menos o apoio tucano a Rodrigo Pacheco (DEM). Ou será substituída

Demorou demais

Simone Tebet foi muito prejudicada pela demora do MDB para definir a candidatura, deixando Rodrigo Pacheco fazendo campanha sozinho.

Não podemos

A candidatura da senadora começou a “fazer água” quando senadores do Podemos e PSDB decidiram apoiar o candidato do DEM-MG.

Planalto em xeque

Enquanto o MDB “patinava”, Pacheco imobilizava o Planalto “plantando” a notícia do apoio, jamais declarado ou negado, do presidente Bolsonaro.

Devagar, quase parando

Tebet informa que anunciará a “plataforma” da sua candidatura apenas na segunda-feira, a cinco dias da eleição. Talvez tenha de adiar.


"Revelam falta de caráter, egoísmo e insensibilidade”
Senador Lasier Martins sobre os “fura-fila” de vacinação contra coronavírus


Disputa na Câmara indica favoritismo de Arthur Lira

A disputa pela presidência da Câmara, afinal, não está tão acirrada como parecia. Apesar de o atual presidente Rodrigo Maia colocar toda máquina a serviço do preposto Baleia Rossi (MDB-SP), o favoritismo está com o rival. O bloco de partidos que apoia o deputado Arthur Lira (PP-AL) soma 242 votos, cerca de 47% do total. Já o bloco de Rossi chega apenas a 203, mas só se contar com improváveis 100% dos deputados do MDB, DEM, PT, PSB, PDT, PV, PCdoB, Cidadania, Rede e Solidariedade.

Eleitorado é outro

Analistas experientes observam que a campanha de Lira é “para dentro” da Câmara, enquanto Rossi parece disputar o voto popular.

Votos que escapam

Reduzem as chances de Baleia Rossi outras cinco candidaturas que lhe tiram votos: no seu MDB e também no Novo, Psol, Avante e PL.

Conta de somar

A candidatura de Fábio Ramalho (MDB-MG), deputado muito querido na Câmara, tira votos preciosos de Rossi entre os 33 membros da bancada.

Vacina contra mentira

Nada como a informação correta: o Jornal da Band entrevistou na China o CEO da Sinovac, produtora da Coronavac, que confirmou 100 milhões de doses da vacina para o Brasil, de acordo com o contrato. A entrevista desfez a fantasia de “problemas diplomáticos travando” a entrega.

Torcida por Marcelo

A embaixada em Brasília está entre os locais de votação na eleição para presidente de Portugal, hoje, até 19h, e domingo até 17h. A torcida é grande pela reeleição de Marcelo Rebelo de Sousa (PSD).

Bajuladores sem fronteiras

A bajulação a Joe Biden festeja a nomeação de um general negro no Pentágono. Há 31 anos, o republicano George Bush nomeou o negro Collin Powell como chefe do Estado-Maior Conjunto, o mais alto posto militar do país, e em 2001 Bush filho fez dele Secretário de Estado.

Chegou e virou líder

Carlos Portinho (RJ) assumiu a liderança do PL no Senado. Suplente do senador Arolde Oliveira (PL-RJ), que faleceu em outubro vítima da Covid, Portinho era filiado ao PSD até dezembro do ano passado.

Só para os favoritos

Após a censura imposta ao ex-presidente dos EUA, Donald Trump, e diversos outros perfis considerados “conservadores”, Google, Twitter e Facebook celebram hoje o Dia Mundial da Liberdade.

Dupla Febre & Frio

Em videoconferência, o presidente argentino e Lula atacaram fatos que realçam a liderança do Brasil, como a criação do Prosur. Alberto Fernández choramingou até contra o BID. Difícil saber quem é pior: o demagogo que fura fila de vacinação ou o ex-presidiário.

Indústria de volta

A pesquisa Sondagem Industrial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que a indústria teve o melhor dezembro desde 2013. E, pela primeira vez em dez anos, houve aumento de emprego no mês.

O ruim ainda é bom

A Conab prevê queda de 21% a 30% na safra brasileira de café deste ano em relação ao ano passado. O motivo seria a “bienalidade negativa” e o clima, mas a colheita pode chegar a 49,5 milhões de sacas de café.

Pensando bem...

...a marchinha do Carnaval será algo como “ei, você aí, me dá uma vacina aí, me dá uma vacina aí...”


PODER SEM PUDOR

 (Arte: Enio)
(Arte: Enio)
Chamem os japoneses

O ex-presidente Jânio Quadros não botava muita fé na força de trabalho dos agricultores brasileiros. Certa vez, num encontro com o ex-presidente Juscelino Kubitscheck, promovido no Rio pelo amigo Augusto Marzagão, ele interrompeu assim o discurso do interlocutor sobre a “reforma agrária ideal”: “...e o Instituto de Imigração proporcionaria a cada beneficiado uma família de japoneses para trabalhar!”
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

PIB: Brasil é o terceiro melhor das 10 maiores economias

O resultado do PIB brasileiro calou os economistas do apocalipse como o FMI, que previu contração de 9%. Apesar da Covid, a queda de 4,1% é o terceiro melhor desempenho entre as 10 maiores economias …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Demissões podem ir a 20% sem reduzir jornada

Diversos setores da economia têm demonstrado preocupação com a demora na edição de uma medida provisória ou lei que autorize redução de jornadas e salários, tal como foi feito no ano passado. O …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pesquisa: 70% não querem direito a escolher vacina

Levantamento exclusivo do Paraná Pesquisa para o site Diário do Poder e esta coluna revela que a grande maioria dos brasileiros (70,2%) não considera importante o direito de escolher a marca da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Mais três estatais serão vendidas sem demora

Após deflagrar o processo de privatização da Eletrobrás e também dos Correios, duas das maiores e mais problemáticas estatais federais, o governo Jair Bolsonaro tem prontas para levar a leilão outras …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Troca de comando no Congresso é positiva para 70%

Levantamento exclusivo contratado pelo site Diário do Poder e esta coluna revela que quase 71% dos brasileiros consideram positiva a troca das presidências da Câmara dos Deputados e do Senado. …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pazuello cogita disputar o governo do Amazonas

Atingido pela “mosca azul”, o general Eduardo Pazuello parece ter adorado a ideia de auxiliares bajuladores para ingressar na política. Para um ministro da Saúde tão criticado, a meta é ambiciosa: …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Eletrobrás valorizou 23% em 4 dias. “Interferência”?

A estatal federal Eletrobras valorizou 23% esta semana, mesmo após o presidente Jair Bolsonaro avisar que iria interferir no setor elétrico, mas ninguém atribuiu a essa atitude a valorização …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Correios e seu passivo de R$ 14 bilhões já vão tarde

A privatização da estatal Correios é tão necessária quanto urgente e, por essa razão, o ministro Fábio Faria (Comunicações) deflagrou o processo ontem levando o projeto de lei ao Congresso. Em …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Crise” na Petrobras tem sinais de manipulação

A histeria provocada pela substituição do presidente da Petrobras foi tão exagerada que logo se perceberam sinais de manipulação no mercado, com corretoras de valores e bancos de investimentos …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Petrobras precisa enfrentar concorrência, diz Delfim

A Petrobras se locupleta da lógica do mercado, sobretudo para se blindar de “interferências”, mas não se submete à lei de mercado mais saudável e preciosa: a concorrência. Do alto de sua …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados