search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Marvel bombardeia as bolhas de felicidade
Terrence Saldanha

Marvel bombardeia as bolhas de felicidade

 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Não é indesculpável querer evitar o que pode nos causar sofrimento, mas algo está errado quando diariamente milhões de pessoas no mundo inteiro vão se juntando a uma legião de “vidas virtuais”, construindo mundos apartados da realidade em redes sociais e videogames.

A Marvel, do alto de seus 20 bilhões de dólares arrecadados com a mais bem-sucedida sequência cinematográfica da história, dá sua cutucada no assunto com a série WandaVision, em cartaz, a conta-gotas, no Disney+.

Críticas de gente de peso, como Martin Scorsese e Copolla - que acusaram o estúdio de não fazer filmes, mas de criar parques temáticos para a tela do cinema -, não abalaram (por que abalariam?) o mais lucrativo núcleo de produção de Hollywood, que segue explorando os personagens que dominaram as bilheterias mundiais por mais de uma década.

Agora, com a missão de ajudar a sustentar a audiência do serviço de streaming da casa do Mickey (caro e com poucas atrações, a ponto de ser chamado de “Disney Mais ou Menos”), os chefões fizeram o pessoal dos roteiros suar nos teclados, e o resultado é no mínimo intrigante, com uma óbvia crítica à vida moderna e seus esconderijos para fugir à realidade.

Pode-se, inclusive, dizer que os produtores estão advogando em causa própria: deixar de ir ao cinema é uma consequência perceptível da variedade quase infinita de opções nos dispositivos tecnológicos, cada vez mais populares.

Certo é que no ramo do entretenimento a guerra pelo tempo e dinheiro do público vai se acirrar cada vez mais, com grandes grupos disputando dígito a dígito a audiência. Nessa guerra, vale os grandes estúdios tentarem tirar o pessoal de suas bolhas pessoais. No caso, para ir ao cinema ver o próximo big lançamento da Marvel.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados