search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Maratona para ver os indicados ao Emmy

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

Maratona para ver os indicados ao Emmy


Regina King (na foto, à direita) é a protagonista de “Watchmen”, que recebeu 26 indicações ao Emmy (Foto: Divulgação)
Regina King (na foto, à direita) é a protagonista de “Watchmen”, que recebeu 26 indicações ao Emmy (Foto: Divulgação)

Justiceiros, mães obstinadas, rainhas, psicopatas e comediantes. A 72ª edição do Emmy, considerado o Oscar da televisão, anunciou seus indicados e tem de tudo na lista. O AT2 aproveita e dá a dica para quem quer maratonar pelas produções.

“Watchmen”, no HBO Go, baseada na história em quadrinhos, é a produção com mais indicações, com 26 no total, incluindo para Regina King, a líder dos policiais mascarados, que concorre ao prêmio de Melhor Atriz em Minissérie.

A mais importante premiação da TV americana será virtual em 20 de setembro devido à pandemia. “Estamos reunindo uma equipe de técnicos, produtores e autores de primeira ordem para filmá-los em casa ou no lugar de sua escolha”, diz carta da produção do evento.


OS INDICADOS E ONDE VER


MELHOR MINISSÉRIE

  • “Watchmen”
    Em uma realidade distópica, os policiais usam máscaras sobre seus rostos para proteger suas identidades e precisam descobrir a origem de um grupo supremacista chamado A Sétima Kavalaria. No HBO Go.

  • “Nada Ortodoxa” 
    Para escapar de um casamento arranjado, uma jovem judia foge do Brooklyn para Berlim e se junta a um grupo de músicos. Mas deixar o passado para trás não vai ser fácil. Na Netflix.

  • “Inacreditável”
    Uma jovem é acusada de falsa denúncia de estupro. Anos depois, duas investigadoras encaram casos assustadoramente parecidos. Série inspirada em fatos reais. Na Netflix.

  • “Little Fires Everywhere”

    “Little Fires Everywhere” (Foto: Divulgação)
    “Little Fires Everywhere” (Foto: Divulgação)

    Um encontro entre duas famílias completamente diferentes vai afetar a vida de todos. Duas mães tentarão conviver devido à amizade de seus filhos e segredos serão revelados. No Amazon Prime Video.

MELHOR SÉRIE DE DRAMA

  • “Stranger Things”
    Quando um garoto desaparece, a cidade toda participa nas buscas. Mas o que encontram são segredos, forças sobrenaturais e uma menina na série que está em sua terceira temporada. Na Netflix.

  • “Better Call Saul”
    Antes de se transformar no infame Saul Goodman, o advogado de “Breaking Bad” era mais inocente, mas não era santo. Cinco temporadas. Na Netflix.

  • “The Crown”
    Esta série dramática segue a política, rivalidades e relacionamentos da rainha Elizabeth II, e os eventos que fizeram a história. Três temporadas. Na Netflix.

  • “The Handmaid’s Tale”
    Na República de Gilead, um regime totalitário acaba com os direitos das mulheres. Ali, Offred é uma mulher cujo único fim é procriar. Três temporadas. No Globoplay e no UOL Play.

  • “Ozark”

    Consultor financeiro envolve sua família em situação perigosa em “Ozark” (Foto: Divulgação)
    Consultor financeiro envolve sua família em situação perigosa em “Ozark” (Foto: Divulgação)

    Um consultor financeiro leva a família para um lago remoto para lavar quinhentos milhões de dólares e acalmar um traficante. Três temporadas. Na Netflix.

  • “Killing Eve”
    Eve é uma agente secreta que fica obcecada em conseguir capturar uma misteriosa assassina e por isso embarca em uma perigosa caçada. Duas temporadas. No Globoplay.

  • “Succession”
    Durante seu aniversário de 80 anos, o magnata dos meios de comunicação Logan Roy, cuja aposentadoria todos davam como certa, surpreende sua família quando decide se manter por tempo indeterminado na presidência. Duas temporadas. No HBO Go.

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA

  • “The Marvelous Mrs. Maisel”

    “The Marvelous Mrs. Maisel” (Foto: Divulgação)
    “The Marvelous Mrs. Maisel” (Foto: Divulgação)

    Em 1958, a vida de Midge está nos eixos: marido, filhos e elegantes jantares. Mas, de repente, tudo muda e ela tem que decidir o que fazer. Tornar-se uma comediante é uma escolha inusitada. No Amazon Prime Video.

  • “O Método Kominsky”
    O professor de teatro Sandy Kominsky e seu melhor amigo Norman Newlander enfrentam as alegrias e tristezas da velhice com muito bom humor. Duas temporadas. Na Netflix.

  • “Disque Amiga para Matar”
    Uma viúva furiosa procura quem estava ao volante do carro que matou seu marido e fica amiga de uma otimista excêntrica. Duas temporadas. Na Netflix.

  • “Insecure”
    A criadora e protagonista Issa Rae é Issa Dee, que luta para superar os desafios profissionais e pessoais ao lado de sua melhor amiga, Molly. No HBO Go.

  • “Curb Your Enthusiasm”
    Estrelada por Larry David, autor, co-criador e produtor-executivo de “Seinfeld”, onde serviu também como principal fonte de inspiração para o personagem George Costanza. Dez temporadas. No HBO Go.

  • “Schitt's Creek”
    A família Rose, dona de uma rede de videolocadoras, perde toda a fortuna após um de seus sócios cometer uma fraude financeira. Quebrados, eles se mudam para a pequena Schitt's Creek, cidade que haviam comprado como uma brincadeira. No UOL Play.

  • “The Good Place” 
    Depois de morrer, a egocêntrica Eleanor é enviada por engano ao lado bom do Além. Agora, ela está determinada a se tornar uma pessoa melhor para continuar lá. Mas nem tudo é o que parece. Quatro temporadas. Na Netflix.

MELHOR FILME PARA TV

  • “El Camino”
    Após fugir do cativeiro, onde foi mantido quando sequestrado, Jesse Pinkman (Aaron Paul) inicia uma jornada em busca da própria liberdade, mas antes precisa se reconciliar com o passado. Na Netflix.

  • “American Son”
    O filho adolescente de um casal interracial desaparece. Enquanto eles esperam por notícias, o clima na delegacia fica cada vez mais tenso. Na Netflix.

  • “Bad Education”
    O sistema educacional dos Estados Unidos fica abalado quando é descoberto o maior escândalo de apropriação indébita de fundos de escolas públicas na história do país. No HBO Go.

INDICAÇÕES POR ATUAÇÃO

  • “Euphoria”
    Acompanha a vida de Rue (Zendaya), uma adolescente dependente química que acaba de sair da reabilitação. À medida que ela tenta voltar à rotina, percebe que seus colegas de escola também enfrentam os próprios desafios. No HBO Go.

  • “Westworld”
    Westworld é um parque temático futurístico para adultos, um espaço que reproduz o Velho Oeste, povoado por androides programados para acreditarem que são humanos. Três temporadas. No HBO Go.

  • “Brooklyn Nine-Nine”
    O brilhante e imaturo detetive Jake Peralta precisa aprender a seguir as regras e trabalhar em equipe quando um capitão exigente assume o comando de seu esquadrão. Seis temporadas. Na Netflix.

  • “The Morning Show”
    Alex Levy (Jennifer Aniston) se esforça para manter seu emprego como âncora principal, enquanto trava uma batalha contra uma novata (Reese Witherspoon). No Apple TV+.

  • “Pose”
    Em 1987 em Nova Iorque, Blanca, uma frequentadora de bailes LGBTQ, acolhe, como filhos, um dançarino talentoso e uma trabalhadora do sexo apaixonada por um cliente yuppie. Na Netflix.

  • “Hollywood”
    Em Hollywood, após a Segunda Guerra, um ambicioso grupo de cineastas e atores faz de tudo para realizar seus sonhos de fama e sucesso. Na Netflix.

  • “A Vida e a História de Madam C.J. Walker”
    Uma afro-americana que venceu a pobreza, construiu um império de produtos de beleza e se tornou a primeira negra milionária dos Estados Unidos. Na Netflix.

  • “I Know This Much is True”
    Dominick (Mark Ruffalo) vive um relação complicada com seu irmão gêmeo, Thomas, na minissérie que aborda traumas do passado e problemas familiares. No HBO Go.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados