search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Majeski não disputará pelo PSB”
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“Majeski não disputará pelo PSB”

O presidente estadual do PSB, Alberto Gavini, disse que o deputado estadual Sergio Majeski (PSB), que foi o mais votado em 2018 (47.015 votos), não será mais candidato pelo ninho socialista. Ele disse que já está acordado no partido a saída do parlamentar devido à sua postura com relação ao governo.

“Já conversamos e ele expressou sua vontade de deixar o PSB. Não há briga. Temos pensamentos iguais com relação ao governo federal, mas ele tem posições diferentes com relação ao governo estadual. A postura dele com relação ao governador deixa o partido numa situação delicada. Então, ele não será mais candidato pelo PSB, até porque vai deixar o partido”.

Gavini disse, porém, que Majeski não deve sair do partido agora. “Acredito que ele só sairá na janela. O partido não vai dificultar sua saída, não vamos pedir o mandato dele, mas outros podem pedir. Não é nada pessoal contra ele, continuamos amigos, mas sua postura infelizmente conflita com o partido”.

Oposição em casa
Entre os embates do deputado Sergio Majeski com o governo estão: a assinatura do deputado a um pedido de CPI para investigar o governo por uma compra de álcool em gel, a apresentação de um requerimento para que a Secretaria da Saúde dê explicações sobre a compra e uma ação no MP-ES e MPF para que o governo ofereça Ensino Médio noturno.

Frente da 1ª Infância
A Assembleia criou a Frente Parlamentar em Defesa da Primeira Infância, após requerimento do deputado Bruno Lamas que será o presidente. A deputada Iriny Lopes será a secretária executiva. A Frente vai fiscalizar as políticas públicas voltadas para crianças de 0 a 6 anos. “É uma temática que necessita de acompanhamento permanente”, disse Bruno.

 (Foto: AT) (Foto: AT)

Só 5 carros na garagem
Segundo o Setor de Transporte da Assembleia, só dois deputados devolveram os veículos oficiais até a tarde de ontem, devido ao recesso parlamentar que começou no domingo. São eles: Renzo Vasconcelos e Xambinho, que se somam a 3 que não usam: Hércules Silveira, Gandini e Carlos Von.

Rumo ao Norte e Noroeste
O coordenador da bancada federal capixaba, deputado Da Vitória, promove amanhã o encontro “Presença”, no Senai de Colatina, e que vai contar com o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Tyago Hoffmann; o diretor-presidente doBandes, Munir Abud; e o superintendente do Sebrae-ES, Pedro Rigo.
O foco do encontro é debater sobre o desenvolvimento econômico do Norte e Noroeste.

Ex-SPU diz ter apoio de Eduardo Bolsonaro
O empresário e ex-superintendente de Patrimônio da União do Estado (SPU-ES) Márcio Furtado, que se filiou ao PTB recentemente, diz ter o apoio do filho 03 de Bolsonaro para sua candidatura no ano que vem – que pode ser a uma cadeira no Congresso ou ao governo. “O deputado federal Eduardo Bolsonaro incentivou minha candidatura. Sempre que estamos juntos conversamos sobre o tema. Foi uma construção que começou em janeiro”, disse Márcio.

Teste do coraçãozinho
O deputado estadual Emílio Mameri protocolou projeto que obriga os hospitais a fazerem o “Teste do Coraçãozinho” em recém-nascidos para detectar cardiopatia congênita.

Curso aos moradores
O projeto Assistência Morador, criado pela líder comunitário de Jardim Camburi Júnior Barbarioli, vai oferecer, gratuitamente, cursos para pintor, barbeiro, confeiteiro e porteiro. A inscrição é pelo site do projeto.

Mesma língua
Os governadores João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS) publicaram nas redes sociais mensagens defendendendo uma terceira via para concorrer contra Lula e Bolsonaro. Podem até brigar internamente por quem será o candidato tucano à Presidência, mas por ora, falam a mesma língua.

Alô, ministério público!
Até quando a imunidade parlamentar será usada como desculpa para o ataque à honra dos cidadãos?

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?