search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mais uma baixa
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Mais uma baixa

Há também uma explicação financeira que justifica a pressa dos dirigentes do Flamengo na retomada dos treinos no Centro de Treinamento George Helal. O clube já recebeu a informação de que o banco Bs2 romperá o contrato de patrocínio master e, como ainda não tem acordo assinado com a Amazon, gigante norte-americana de tecnologia e comunicação, não deu mais para aguardar.

A reaparição do milionário elenco no noticiário foi tido como fundamental para a recuperação da visibilidade das marcas associadas ao clube e a consequente volta ao mercado. O atual parceiro tinha ainda duas parcelas de R$ 5 milhões a quitar com o Flamengo, relativas ao contrato de R$ 15 milhões anuais fechados no ano passado — uma agora, em maio, e outra em dezembro.

Multa
Mas depois do vazamento das tratativas com a Amazon, em março, visando à ocupação do espaço nobre do uniforme, os mineiros do Bs2 não apenas retiraram a proposta de aporte de mais R$ 10 milhões anuais para estampar a marca em outras modalidades, como avisaram não ter interesse em estar em outra parte da camisa. O contrato prevê multa rescisória de R$ 2 milhões.

Segundo rompimento

Se oficializado o distrato, será o segundo patrocinador a deixar o clube desde a paralisação dos campeonatos no Brasil, no dia 15 de março. Afinal, o Azeite Royal, que acertou em janeiro pagar R$ 3 milhões por 12 meses de contrato para exibir sua marca no calção do uniforme, logo comunicou o rompimento.

O departamento jurídico rubro-negro cobra na Justiça a multa rescisória de R$ 1,2 milhão, além de perdas e danos. Mas, enquanto não recebe, a saída dos dois parceiros deixa, a grosso modo, um buraco de R$ 11 milhões no orçamento de 2020 só em receitas de patrocínio.

Pé na porta

Em 2019, o clube faturou R$ 89,3 milhões nesta rubrica e estimava crescer cerca de 22% este ano, chegando a R$ 108,7 milhões. E é por isso que Rodolfo Landim se abraçou a liberalidade defendida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e “meteu o pé na porta” do isolamento.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Cristal partido...

O triste imbróglio envolvendo as transmissões dos jogos do Campeonato Carioca chamuscou um pouco mais a imagem da Federação de Futebol do Rio (Ferj) presidida por Rubens Lopes. Porque, a rigor, a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Copa Rubão

Há poucos dias optei por deixar os exercícios no deserto do playground do edifício em que vivo, a um quilômetro do Maracanã, para arriscar uma caminhada mais forte ao redor do estádio. Foram três, em …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Rio registrou mais mortes pela Covid-19 no domingo, chegando à marca de 9.819 óbitos (6.393 só na capital!), com 111.298 casos notificados no Estado. Mas a bola rolou assim mesmo para os outros …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Bravo, Autuori!

Pensei em selecionar alguns trechos da entrevista que o companheiro Thales Machado fez com o técnico Paulo Autuori para ilustrar esta coluna que escrevo em homenagem ao técnico do Botafogo. Mas foi …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A mística do Fla-Flu...

Tenho lá minhas dúvidas sobre o nível de preparação dos times de Botafogo e Fluminense para competir com excelência depois de cerca de 100 dias de afastamento do campo e bola. Mais ainda fazendo …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Fora da pauta...

A medida liminar concedida ontem pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) desfaz o imbróglio entre clubes e federação e destrava, temporariamente, a disputa da Taça Rio - segundo turno do …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O fiel da balança...

É simplesmente inacreditável a vocação dos dirigentes dos clubes cariocas para estragar uma competição que, nos dias de hoje, a rigor, tem apenas duas serventias: ganhar o bom dinheiro que é pago …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Gol de Maricá...

A Medida Provisória (MP) publicada pelo presidente Jair Bolsonaro, liberando para o “clube mandante” o direito de transmissão de seus jogos, foi comemorada nos bastidores do Flamengo como um gol de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Maracanã, meu velho...

Tenho saudades do Maracanã da minha infância. Do “gigante de concreto”, do iogurte da CCPL, do cachorro-quente da Geneal, das rampas de acesso lado a lado com a torcida adversária — sem brigas. Tenho …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Rio na contramão

Fluminense e Botafogo voltaram a se afinar e hoje abraçam uma ideia muito clara a respeito da retomada do Carioca. Mário Bittencourt, o presidente tricolor, e Carlos Augusto Montenegro, a voz …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados