search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mais de 16 mil policiais e bombeiros serão imunizados

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Mais de 16 mil policiais e bombeiros serão imunizados


A vacinação contra a Covid-19 começou na terça-feira (6) para trabalhadores das forças de segurança e salvamento, além das Forças Armadas. Ao todo, somente nesta primeira semana, serão aplicadas 7.398 doses nos profissionais da segurança pública.

O início da imunização aconteceu na terça pela manhã, em um ato simbólico no Palácio Anchieta. A imunização irá englobar as forças estaduais, federais e guardas municipais do Estado.

Mais de 6 mil doses são da reserva técnica (5% das doses de cada remessa que chegam a mais ao Estado para eventuais perdas).

O restante faz parte de um quantitativo de pouco mais de 800 doses enviadas pelo Ministério da Saúde para os trabalhadores das forças de segurança e de salvamento que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

Serão contemplados os trabalhadores envolvidos no atendimento ou transporte de pacientes; em resgates e atendimento pré-hospitalar; além daqueles ligados às ações de vacinação contra a Covid-19 e de vigilância das medidas de distanciamento social.

O governador do Estado, Renato Casagrande, afirmou que a vacinação será iniciada pelos profissionais de mais idade.

A previsão do governo estadual é de que, a cada semana, novos lotes cheguem para contemplar as forças de segurança pública do Espírito Santo, que somam aproximadamente 16 mil profissionais.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, afirmou que a vacinação será organizada ainda esta semana pelos municípios, em locais definidos por eles.

O 1º sargento do Corpo de Bombeiros Militar, Jocimar Vieira da Rocha, 42 anos, foi um dos vacinados ontem e disse que o sentimento é de alívio.

“Estamos todos os dias nas ruas, em ações de fiscalização, de orientação à população. Então, existe uma preocupação não só por nossa saúde, mas também pelas nossas famílias. Agora, ficamos mais tranquilos”, comentou.

Jocimar Vieira:  “Todo dia nas ruas” (Foto: Hélio Filho/Secom governo do Estado)
Jocimar Vieira: “Todo dia nas ruas” (Foto: Hélio Filho/Secom governo do Estado)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados