search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Lute, se cuide e fique bem!
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


Lute, se cuide e fique bem!

Vidas não se contabilizam, se preservam! A frase, da senadora Mara Gabrilli, merece reflexão mais profunda: neste momento, vemos um enorme afã em se contar mortes – ou vidas que se apagaram. Ou leitos lotados, pessoas infectadas, e porcentagem de contágio. Mas números não curam a dor da perda. 

Pressionados pelos empresários desesperados com a economia encolhendo, os governantes, mesmo os bem-intencionados, lançam mão dessa “flexibilização” da quarentena, tentando agradar a todos. Mas a curva de contágio não flexibilizou: aumentou! E segue subindo.

Quantos amigos você já perdeu? Se não perdeu nenhum amigo nem familiar, pode se considerar um privilegiado. Eu já perdi cinco – e não me canso de repetir que, nesse momento, estar vivo e bem é o que importa.

Sim, eu sei que falo com a geladeira cheia e um relativo conforto financeiro. Sei que há milhões de brasileiros sem emprego, sem renda, sem perspectiva. E eles precisam, sim, trabalhar para levar comida a suas casas.

A esses, além de tentar ajudar fazendo o que posso no meu entorno direto, tento fazer um pouco mais junto a ONGs – como uma de 200 mulheres arretadas que conseguiram, em dois meses de pandemia, levar mais de 7 mil cestas básicas para Heliópolis – na ação “Melhor para Heliópolis” uma de nossas maiores comunidades em São Paulo.

Nesses dias de isolamento e terror, a sociedade solidária tenta se organizar e consegue! Claro que é preciso muito mais!

Porém, quando vi os três caminhões cheios da mesma ONG descarregando brinquedos e agasalhos em Heliópolis (criança de favela também precisa se distrair para tentar convencê-las a ficar em pequenos espaços, certo?), meu coração cético se acalmou um pouco...

As pessoas e ONGs têm sido fundamentais, porque estamos com um governo desgovernado “contra tudo e contra todos”, como vimos no famoso vídeo da reunião ministerial.

Sim, vou falar disso – afinal, o que mais faltou ali, além de etiqueta e educação pura e simples. E decoro. E responsabilidade.

O problema não foram os palavrões ou o fato de o Presidente falar em armar a população, quando devia estar falando em salvar a mesma do Covid-19.

Não foi sua declaração que não ia esperar “f... a família e os amigos” e que, portanto, ia trocar o comando da PF – em vez de falar que gostaria de ouvir o que tinha a dizer o agora ex-ministro Teich, da Saúde – então em sua primeira reunião ministerial! Esperar alguma coerência desse governo é querer demais.

Relaxamento da quarentena – O vírus combinou com alguém que ia relaxar gradativamente? Pois não relaxe coisa nenhuma: antes de ser empresário, você é pessoa.

Antes de ser trabalhador com chefe e contas para pagar, somos pais de família, filhos, maridos e mulheres com uma história de luta, amores e muito sentimento e propósito.

Que, neste momento, se resume em sobreviver. Pense nisso e não relaxe: lute, se cuide e fique bem. E, se puder, em casa.

Contabilize cuidados – e, acima de tudo, preserve-se e preserve sua família e amigos.


 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Aprendendo com as gafes de uma anfitriã

Se alguém acha que, por amar uma mesa bonita e boa comida, eu nunca erro ao receber em casa, engana-se muito! Momentos em diferentes fases da vida são prova de que estamos sempre aprendendo e que os …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Bons motivos para aprender a cozinhar

Neste momento de pandemia, entre os muitos talentos ocultos que acabaram aflorando está o de cozinhar e saborear quitutes antes impensáveis. Nasceu uma nova geração de gourmets e gourmands. …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Danem-se artistas e músicos!

Sabem quem foi Victor Herbert? Eu não sabia até me deparar com a coluna de Ruy Castro, que, sei, me permite reproduzir aqui parte dela. Victor Herbert foi um compositor (1859 a 1924) que …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Sustentabilidade, qualidade e muita liberdade na moda!

Venho de uma família de privilegiados que sempre tiveram acesso à qualidade: em roupas, viagens, comida, objetos de decoração, etc. Com isso, as roupas e objetos passaram por gerações: Simmmmm! …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Hora de fazer carinho, cafuné e de amar muito a si mesmo

Está sentindo falta do contato físico? Vamos aprender a não depender dos outros para isso. Falo de amar a si mesmo – não no sentido de autoestima, mas naquele do apreço por você mesmo/a de verdade. …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Mais de 100 mil mortes por Covid-19 – desculpa, aí!

O Presidente inominável vive a pedir desculpas: diariamente, é obrigado (provavelmente, aconselhado fortemente por algum assecla) a vir à frente das câmeras, sempre ao lado de sua claque de apoiadore…


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Um futuro nem tão ambicioso

Vamos falar do futuro. O futuro que, agora percebemos, foi subitamente sabotado – e está, neste exato momento, sendo repensado, ressignificado, reinventado, e uma porção de outros “res” que nos …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Lições da pandemia

Não vamos falar da finitude, de nossos medos, nem da angústia de ver nossas vidas em risco graças ao total despreparo, da boçalidade e pura teimosia dos titulares de nosso “desgoverno” – que poderiam …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

De meditação a sexo nas lives

Você entraria em uma web suruba? Pagaria para entrar? Confiaria no anonimato da organização? Se ficou perplexo com a possibilidade, saiba que não está sozinho. Mas não apenas as web surubas …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Novo momento, novos horários

Vivemos um novo momento trazido pela pandemia de Covid-19: home office, cursos a distância e reuniões agora fazem parte do nosso dia a dia. Se em casa economizamos preciosas duas horas por dia (que …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados