search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Longe demais
Painel da Folha de São Paulo

Longe demais

Por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes, o Twitter bloqueou internacionalmente, ontem, contas bolsonaristas que são alvos do inquérito das fake news. Na semana passada, perfis foram suspensos apenas no Brasil, e, após mudarem configurações de localização, voltaram a escrever e xingar o ministro, como mostrou o Painel.

O Twitter acatou, mas afirmou que a decisão é desproporcional e que recorrerá. Para especialistas, Moraes pode ter extrapolado a lei.

Quadrado
“Existe um tratado internacional que prevê que Brasil e Estados Unidos vão cooperar para cumprir as leis. O que ele fez equivale a um juiz norte-americano derrubar uma conta minha de e-mail no UOL”, diz o advogado Leonardo Sica, doutor em direito penal pela USP. “Tem potencial de grande confusão”, completa.

Razões
No recurso, o Twitter deve questionar a ordem de bloqueio de Moraes como um todo, sob a ótica da liberdade de expressão e não só a questão internacional. O ministro teve que insistir para que a empresa cumprisse na primeira vez, impondo multa para o não cumprimento.

Drible
Nesta quinta, bolsonaristas já exibiam novas contas no Twitter. A líder de grupo armado de extrema direita Sara Giromini dizia ser alvo de censura “no mundo” e anunciava que “ditadores vão cair”.

À vista
O conselho gestor do Fundo Nacional de Segurança Pública aprovou ontem a destinação de R$ 96 milhões para um projeto da Polícia Federal que vai reunir em um só lugar informações criminais de todo o país. O processo agora segue para o ministro da Justiça André Mendonça, que precisa homologar a decisão do órgão.

Integração
Atualmente, 27 bancos de dados estão em poder dos estados e não se comunicam, como mostrou o Painel. Apenas alguns deles estão interligados com o da PF, o que dificulta o trabalho de identificação de autorias de crimes.

Troca
A codeputada Raquel Marques (Rede) deixará o mandato da Bancada Ativista na Assembleia Legislativa de SP e lançará candidatura para o cargo de vereadora na capital. Ela afirma que a mudança acontece para disseminar os ideais do grupo e porque suas pautas na área de maternidade e infância têm bastante demanda em âmbito municipal.

Sem apoio
Hamilton Mourão não deverá postar o #Bolsonaro2022 repetido pelos apoiadores de Bolsonaro nas redes sociais. Em live com a vereadora Comandante Nadia (DEM-RS) na segunda (27), disse ser contra a reeleição.

Me inclua fora
“Sou um crítico do instituto da reeleição. Não ficou bem. Vejo que os nossos gestores são eleitos já pensando na eleição seguinte (...) Seria melhor se tivéssemos mandatos de cinco anos e depois dava um interregno”, disse Mourão. O presidente tem admitido a possibilidade de tentar a reeleição.

Dentro
Secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia do governo Bolsonaro, Julio Semeghini assinou moção de solidariedade a Geraldo Alckmin (PSDB) após o ex-governador ter sido denunciado pelo braço eleitoral da Lava Jato, nesta semana.

Passado
A lista de apoio tem 62 nomes, e Semeghini é identificado como ex-secretário de Economia e Planejamento, seu cargo na gestão Alckmin. Semeghini foi deputado por quatro mandatos pelo PSDB. A relação de Bolsonaro e seus seguidores com os tucanos, no entanto, tem sido conflituosa.

Lado
O Ministério Público de São Paulo instaurou inquérito civil para investigar a atuação da Polícia Militar nos atos na avenida Paulista em 31 de maio. O MP quer saber se a PM reprimiu o direito de reunião apenas dos grupos em defesa da democracia e contra Bolsonaro.

Novas
O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando de Souza, começou a definir nesta semana mudanças no comandos do órgão nos estados. Quatro novos chefes foram escolhidos, para Goiás, Maranhão, Alagoas e Acre.

Abertos
Há ainda pelo menos seis postos vagos no comando de superintendências que devem ser definidos nos próximos dias.

Tiroteio
“Não dá para entender! Qual é o objetivo da nota de R$ 200? Facilitar a vida do assaltante? Tirar recursos dos bancos?”
De Marcos Cintra, ex-secretário especial da Receita Federal, sobre o anúncio do Banco Central de que colocará nova cédula em circulação.

Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Imagem

Em dois meses, o Meio Ambiente destravou cerca de R$ 530 milhões que estavam parados há um ano e meio à espera de definições do ministro Ricardo Salles. A verba foi para o BNDES e deve financiar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na torcida

Celso Russomanno (Republicanos) tem um incentivador improvável na tentativa de atrair Jair Bolsonaro para sua campanha à prefeitura: Bruno Covas (PSDB). Apoiadores do tucano têm dito que o endosso …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mensagem

O primeiro ato do ministro Luiz Fux como presidente do Conselho Nacional de Justiça gerou reclamações de colegas da corte, de advogados e de entidades ligadas aos Direitos Humanos, que viram na …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao vento

Insatisfeito com o veto de Jair Bolsonaro a projeto de lei que perdoava dívidas de instituições religiosas com o fisco, o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) afirma que três dias antes o presidente …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Corrida com barreiras

O Twitter vê a atual versão do projeto de lei sobre fake news que tramita na Câmara como ameaça à competição no mercado das redes sociais e à internet aberta. Segundo Fernando Gallo, gerente de …


Painel da Folha de São Paulo

Como será o amanhã

Ao custo de mais de 130 mil vidas, a pandemia da Covid-19 expandiu a rede hospitalar do SUS em tempo recorde, segundo secretários de Saúde. O número de leitos de UTI mais que dobrou, por exemplo, em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Voar, voar

A definição do nome do vereador Ricardo Nunes (MDB) como vice na chapa de Bruno Covas (PSDB), que busca a reeleição ao cargo de prefeito de SP, envolve, na expectativa dos tucanos, uma articulação …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fila

Depois do arroz, o Ministério da Economia enviou pedido de informações a diferentes setores produtivos para identificar aumentos de preços. A pasta quer saber se há pontos de estresse em cadeias, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Destino

Os arquivamentos da delação de Sérgio Cabral (MDB) são considerados fortes indicativos de qual deve ser o futuro da operação deflagrada contra advogados ontem, no Rio. Algumas das histórias que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vivos

O PT quer aproveitar o embalo do discurso do ex-presidente Lula no Sete de Setembro para lançar seu programa de reconstrução do País no pós-pandemia. O documento, elaborado ao longo de três …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados