search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Lentes cor de rosa
Painel da Folha de São Paulo

Lentes cor de rosa

Apresentado a representantes da Frente Nacional de Prefeitos na sexta-feira, um diagrama do Ministério da Saúde com a quantidade de vacinas contra a Covid-19 tem apenas 49,04% das doses listadas confirmadas. O total mencionado é de 454,9 milhões até o final do ano, de nove imunizantes diferentes. São dadas como certas 223,1 milhões, no entanto, como mostra o próprio quadro. As restantes têm rubricas como “compra futura”, “intenção de compra” e “em tratativas”.

Ficção

Um exemplo é a vacina da Moderna, que responde por 30 milhões de doses no diagrama mostrado pelo ministro Eduardo Pazuello. As tratativas com a empresa americana ainda estão em estágio bastante inicial. Outras 30 milhões são creditadas à russa Sputnik e à indiana Bharat, também sem perspectiva realista de serem concretizadas no momento.

Decepcionou

Um dos principais aliados do Palácio do Planalto, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, não faz mais questão de esconder sua frustração com Arthur Lira (PP-AL). Em áudio que enviou a deputados de seu partido na sexta, ele acusou o presidente da Câmara de ter “rabo preso” com o Supremo.

Maria mole

Essa seria a razão, segundo Jefferson, pela falta de empenho de Lira na defesa de Daniel Silveira (PSL-RJ), que segue preso após decisão do plenário da última sexta-feira. “Os ministros chamaram ele (Lira) lá e disseram: 'nós vamos te processar, botar teu processo para andar'. E aí ele tremeu na perna”, disse.

Cabeça...

A despeito de a liderança do PSDB ter orientado os seus 32 deputados a votarem pela manutenção da prisão de Silveira, cinco tucanos optaram pela soltura do parlamentar e um se absteve.

...Própria

Os gaúchos Lucas Redecker e Daniel Trzeciak, próximos do governador Eduardo Leite (RS), argumentaram que os erros de Silveira não justificam o que veem como erro do Supremo. Já Pedro Cunha Lima (PB) disse que a prisão é abusiva.

Adiós

A votação que confirmou a prisão de Silveira carimbou de vez o passaporte de ex-aliados do governo para fora do bolsonarismo mais radical. Dez ex-bolsonaristas, como Delegado Waldir (PSL-GO), Felipe Francischini (PSL-PR) e Julian Lemos (PSL-PB), votaram pela manutenção do parlamentar na cadeia, e outros dois não compareceram.

Voo próprio

O avanço do câncer de Bruno Covas veio em um momento em que o prefeito de São Paulo se movimentava para aumentar a exposição no cenário nacional. O tucano era o favorito para assumir a presidência da Frente Nacional dos Prefeitos, que reúne os mandatários das maiores cidades do País.

Presente

No início do ano, ele procurou o atual presidente, o ex-prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB), dizendo estar interessado no posto. A sucessão ocorre em abril.

Em suspenso

A ideia era que Covas desse maior peso à entidade, num contexto em que os municípios são protagonistas do combate à pandemia. Os novos desdobramentos da doença colocaram o projeto em dúvida, embora ainda não esteja descartado. Vai depender da condição do prefeito para seguir trabalhando.

Fonte

A campanha do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) recebeu doação de 63 beneficiários do auxílio emergencial do governo federal pagos em razão da pandemia. O valor total entregue por esse grupo, por meio de um site de financiamento coletivo, foi de R$ 2.836, uma parcela pequena do total de R$ 110 mil gasto pelo filho do presidente Jair Bolsonaro.

Veja bem

Ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio, a defesa do vereador afirmou que não teria condição de verificar se um doador é ou não beneficiário do programa do governo. As contribuições variaram de R$ 1 a R$ 500. O tribunal aprovou as contas de Carlos.

Ementa

Ligada ao PT, a Fundação Perseu Abramo dará um curso online sobre a história do fascismo. Começa com as origens do regime, associado ao italiano Benito Mussolini, depois passa pela Alemanha de Adolf Hitler e pelo integralismo, até chegar ao atual governo do presidente Jair Bolsonaro. O título é sugestivo: “Fascismo ontem e hoje, entender para derrotar”.

Tiroteio

“Há que exaltar legalistas das Forças Armadas e isolar conspiradores. Tratar igualmente todos os militares é grave erro”.

De Carlos Minc, deputado estadual (PSB-RJ), sobre Fernando Azevedo (Defesa) ter dito que declaração de Villas Bôas foi ato isolado.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Conservador

A despeito da reformulação que vem sendo feita no Ministério da Saúde, com a substituição de militares por profissionais da área da Saúde, Marcelo Queiroga manteve uma ala conhecida por seus …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

À caça

Olavistas e outros radicais de direita que trabalham na Secretaria Especial da Cultura de Jair Bolsonaro têm elaborado dossiês fundamentados na orientação política de servidores que eles querem que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na mira

Alexandre Saraiva, trocado da chefia da Polícia Federal (PF) no Amazonas, é citado em troca de mensagens de madeireiros investigados como “alvo a ser abatido”. Os diálogos aos quais o Painel teve …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Trator

Dois pontos em especial chamaram a atenção de delegados experientes ouvidos pela coluna nos primeiros atos do novo diretor-geral da Polícia Federal. O primeiro: a falta de preocupação de Paulo …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Com tudo

O ex-presidente Lula disse a parlamentares do PT que devem ter “postura guerreira” em relação à CPI da Covid, incentivando que os senadores conversem com as bases municipais e estaduais e confrontem …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Curva

A escolha do novo chefe da Polícia Federal de São Paulo fugiu de um padrão que vinha sendo respeitado dentro do órgão nos últimos anos. Diferentemente dos cinco antecessores, o delegado Rodrigo …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Névoa

A nova crise protagonizada por Jair Bolsonaro é recebida com desconfiança por parlamentares da situação e da oposição, que não sabem definir precisamente o objeto e o sujeito a serem atacados. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Prateleira vazia

Gestores de ao menos 1.604 cidades do Brasil disseram que há possibilidade de faltar luvas para os profissionais de saúde nos próximos dez dias caso a curva de internação por Covid-19 continue alta. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Sem pressa

O inquérito dos atos antidemocráticos, que mira bolsonaristas, completa nesta semana três meses sem manifestação da Procuradoria-Geral da República. Em janeiro, o ministro Alexandre de Moraes, do …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Pera lá

Entre os senadores que assinaram o pedido de criação da CPI da Covid há um grupo que ficou contrariado com Luís Roberto Barroso. Além de enxergarem uma interferência indevida na atitude do ministro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados