search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Lei autoriza filmar e levar acompanhante na hora da vacinação contra Covid

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Lei autoriza filmar e levar acompanhante na hora da vacinação contra Covid


Profissional prepara dose de vacina (Foto: Tom Paparazzy/Secom/PMS)Profissional prepara dose de vacina (Foto: Tom Paparazzy/Secom/PMS)

Uma cena que se tornou comum durante a pandemia é a de pessoas tirando fotos ou filmando o momento da aplicação da dose da vacina contra a covid-19. Essa prática, agora, virou lei no Espírito Santo.

O governador Renato Casagrande sancionou o projeto que autoriza a utilização de equipamento fotográfico ou de filmagem para registrar o ato da vacinação contra essa doença nas cidades capixabas. 

Além disso, a legislação também autoriza a presença de acompanhante nos locais onde são aplicadas vacinas contra a covid-19. 

A lei foi sancionada  na segunda-feira (26), mas publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DIO-ES) desta terça (27).

A prática de registrar o momento da imunização começou como forma de comemorar nas redes sociais ou enviar para familiares mais distantes a alegria da vacinação, porém ganhou força depois de casos de fraude no ato da vacina, por exemplo, aplicação da chamada vacina de ar, quando a seringa está vazia. 

Para dar transparência ao processo, as prefeituras passaram a liberar o registro e a presença de acompanhantes, além do vacinador apresentar a seringa cheia com o imunizante - antes da aplicação - e vazia logo após a vacinação.