search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Lava a Jato vê com cautela proposta de Gilmar
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Lava a Jato vê com cautela proposta de Gilmar

As propostas de Gilmar Mendes para alterar o regimento interno do STF foram recebidas com entusiasmo por advogados e boa dose de desconfiança por procuradores. Como mostrou a Coluna, uma delas pode evitar que processos da Lava a Jato sejam “baixados” automaticamente para forças-tarefa da operação nos Estados.

“Se isso significar limitação de todas as decisões monocráticas, será até bom. Se for só sobre a competência, significará mais atraso, com muito prejuízo”, diz Alessandro Oliveira, coordenador da Lava a Jato em Curitiba.

CLICK. Não é só Luciano Huck que anda interessado por política. Em live com Tabata Amaral (PDT-SP), Angélica (acima) falou da importância de mais mulheres na política.

Vamos... Em requerimento enviado a Luiz Fux, Gilmar defende que as decisões relativas à remessa de processos para instâncias inferiores, após os novos entendimentos do STF sobre o foro especial, devem ser analisadas pelo colegiado, e não só pelo relator.

...ampliar. Na prática, a proposta diminui o poder de Edson Fachin, relator da Lava a Jato no STF, de enviar para as forças-tarefa processos envolvendo políticos que perderam o foro privilegiado, por exemplo.

Eita. Não foram poucos os casos em que Fachin mandou os inquéritos para um lugar e a turma do STF virou a direção para outro.

Dúvidas. “Ocorreram várias alterações de entendimento sobre a competência (para julgar) nos últimos anos, que afetaram a Lava a Jato. Isso não é bom, principalmente de uma corte que deveria primar pela estabilidade”, diz o procurador federal Alessandro Oliveira.

Atraso? Outros membros do Ministério Público avaliaram, reservadamente, que, se a proposta for aceita, anexos das delações demorarão muito a serem enviados para os procuradores na primeira instância.

Aprovada I. Os advogados, porém, entendem a proposta como positiva. “É a melhor solução para os desafios levantados pela reforma do regimento interno do STF”, diz Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do grupo Prerrogativas.

Aprovada II. Segundo ele, a proposta de Gilmar “oferece previsibilidade, dinamismo, segurança jurídica e diminui a possibilidade de condução política e seletiva de determinados feitos”.

Verde... Dados obtidos via Lei de Acesso à Informação, por meio do projeto “Achados e Perdidos” do Monitor de Dados Socioambientais, desenvolvido por Abraji, Transparência Brasil e Fiquem Sabendo, com financiamento da Fundação Ford, formam ótimo panorama sobre a militarização do governo Jair Bolsonaro na área socioambiental.

...oliva. Existem hoje ao menos 99 militares em cargos comissionados. A Funai, o Ibama e o ICMBio concentram a maior parte desses servidores: 33, 19 e 17, respectivamente.

Cadê? Os demais estão no Ministério do Meio Ambiente (13), na Secretaria de Saúde Indígena (6), no Incra (5), no Ministério da Agricultura (3), na Funasa (2) e na Fundação Palmares (1). A grande maioria é de militares da reserva. Segundo o levantamento da Abraji, apenas seis deles permanecem na ativa. Dois estão licenciados.

Bússola? José Luiz Penna, presidente nacional do PV, acredita ter encontrado um rumo para a oposição: “Negar a compra da vacina abre, definitivamente, o caminho do impeachment de Jair Bolsonaro”.

Pronto, falei!

"O filósofo Auguste Comte estava errado. Os vivos não estão sendo governados pelo mortos. E sim pelos loucos...”

Murillo de Aragão, CEO da Consultoria Arko Advice, sobre disputas políticas na pandemia.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Combate à pandemia em segundo plano na eleição?

Na reta final das eleições municipais e em meio à pandemia, está claro para políticos e analistas: avaliar o desempenho dos prefeitos no combate à Covid-19 não parece ter sido prioridade para os …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Primos na luta pelo voto conservador no Recife

Na única disputa de segundo turno com candidatos declaradamente de centro-esquerda, analistas e políticos se esforçam para entender a “virada” de Marília Arraes sobre João Campos. O mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Tensão nos bastidores cresce em Porto Alegre

Integrantes das linhas de frente das campanhas de Sebastião Melo (MDB) e Manuela D'Ávila (PCdoB) acreditam que o brutal assassinato de um homem negro num supermercado de Porto Alegre deve acabar …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O plano do ministério? Distribuir cloroquina

Em resposta a pedido de informação sobre quais ações serão adotadas diante da cada vez mais provável segunda onda da Covid-19 no País, o Ministério da Saúde afirmou apenas que, se não houver mudança …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Esquerda nacionaliza disputas em capitais

A esquerda nacionalizou o segundo turno em Porto Alegre e Fortaleza em busca de uma frente contra Jair Bolsonaro. Na capital do Ceará, José Sarto (PDT) angariou apoio do Psol, PCdoB e PT. A …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Sucessão” de Doria faz ferver o Bandeirantes

Antes mesmo de terminadas as eleições municipais, as costuras políticas que têm no horizonte a disputa pelo governo de São Paulo se intensificaram nos principais partidos, seja porque os dois …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PSDB entre o paraíso e o precipício na capital

A disputa em São Paulo ganhou contornos dramáticos para o PSDB nacional: é a única chance de vitória dos outrora muito poderosos tucanos nos 15 maiores colégios eleitorais do País. Há ainda uma …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Atraso do TSE alimenta conspiração e intrigas

Os problemas na contabilização dos votos nas eleições municipais ocorreram em má hora, avaliam ministros do STF do TSE Seja porque alimentam desvairadas teorias conspiratórias, seja porque as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

A pandemia e o abuso do poder econômico

A pandemia teve impacto não apenas sanitário nestas eleições municipais, mas também de ordem econômica: candidatos viram no desemprego e da vulnerabilidade social janela de oportunidade para angariar …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Senado já debate nome de militar para a Anvisa

Apesar das fortes críticas e muitas ressalvas à indicação do tenente-coronel Jorge Kormann para a direção da Anvisa, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), avalia que ainda é cedo …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados