search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Jogador mata filho de 5 anos asfixiado: "Eu nunca o amei"

Notícias

Publicidade | Anuncie

Internacional

Jogador mata filho de 5 anos asfixiado: "Eu nunca o amei"


 (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O jogador de futebol Cevher Toktas, que é zagueiro no time Bursa Yldrmspor, confessou ter matado seu filho, de apenas 5 anos, que estava internado com suspeita do novo coronavírus (Covid-19). O crime ocorreu no dia 23 de abril, na Turquia. As informações são do jornal O Dia.

De acordo com a publicação, Cevher ainda afirmou que teria usado um travesseiro para assassinar o menino e explicou por que teria cometido o homicídio. 

"Eu nunca amei meu filho mais novo, desde o nascimento. Não sei porquê. A única razão pela qual matei foi porque não o queria. Eu não tenho nenhum problema mental”, disse o jogador, que será julgado nas próximas semanas e corre o risco de ser condenado à prisão perpétua.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados