X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Ucrânia posiciona tanques de guerra em praça central de Kiev

A Ucrânia está sob decreto de Estado marcial, nível máximo de restrições


Imagem ilustrativa da imagem Ucrânia posiciona tanques de guerra em praça central de Kiev
Fumaça sobe de uma base de defesa aérea, onde equipamentos militares foram atingidos, após um aparente ataque russo em Mariupol, na Ucrânia, nesta quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022 |  Foto: SERGEI GRITS/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Em mais uma resposta à invasão russa, o governo da Ucrânia posicionou tanques de guerra na Praça da Independência, conhecida como Maidan, na área central da capital Kiev.

Os militares serão responsáveis pela checagem de documentos e monitoramento da cidade. A Ucrânia está sob decreto de Estado marcial, nível máximo de restrições.

A secretária de Relações Exteriores do Reino Unido, Liz Truss, disse na manhã desta quinta-feira (24) no Twitter que convocou o embaixador russo no país para explicar a invasão da Ucrânia por forças russas, que ela descreveu como "ilegal".

"Vamos impor severas sanções (à Rússia) e buscar o apoio de países à Ucrânia", afirmou Truss, em sua conta oficial na rede social.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: