X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

TV chinesa faz transmissão 24 h de construção de hospital para coronavírus

| 31/01/2020 15:24 h | Atualizado em 31/01/2020, 15:49

Causou espanto a notícia, na última sexta-feira (24), de que o governo chinês construiria em apenas 10 dias um hospital em Wuhan para vítimas do coronavírus, que virou epidemia e tem como epicentro a cidade de 11 milhões de habitantes no centro do país.

Clique aqui para assistir a transmissão da obra em tempo real

Imagem ilustrativa da imagem TV chinesa faz transmissão 24 h de construção de hospital para coronavírus

Afinal, até para os padrões chineses de celeridade em obras, levantar um hospital e deixá-lo em funcionamento neste prazo não é algo trivial. Não demorou muito para que imagens de dezenas de tratores terraplanando o terreno viralizasse.

Junto com o espanto veio a dúvida: vão conseguir fazer isso no prazo e entregar a obra na próxima segunda (3)? Para mostrar que não é brincadeira, o governo chinês, via CGTN (China Global Television Network, grupo de canais de TV estatal), colocou uma câmera para transmitir a construção 24 horas por dia.

Wuhan foi escolhida para abrigar o hospital por ser a grande cidade com maior número casos, o que fez as autoridades chinesas determinarem o seu isolamento.

Na última segunda (27), o prefeito da cidade, Zhou Xianwang, pediu demissão porque escondeu dados sobre a doença. Ele confirmou que 5 milhões de pessoas (ou seja, quase metade da população local) deixaram a cidade antes de ser isolada.

O número de mortos na China pelo surto de coronavírus chegou a 162 na noite de quarta (29) e o número de casos confirmados já passa de 7.000 em todo o mundo. O Brasil tem ao menos nove casos de suspeita.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS