X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tigre morre após contrair covid-19 nos Estados Unidos

Conhecido como Júpiter, o felino tinha 14 anos e estava em tratamento de longo prazo para doenças crônicas

Redação Tribuna Online, com informações do UOL | 02/07/2022 12:04 h

Um tigre morreu no domingo (26) após desenvolver pneumonia causada pela covid-19, em Ohio (EUA). Conhecido como Júpiter, o felino tinha 14 anos e estava em tratamento de longo prazo para doenças crônicas, o que acabou tornando-o mais suscetível ao vírus.

Em comunicado via rede social, o Zoológico Aquário de Columbus disse que Júpiter já mostrava sinais de doença no início deste mês. Ele perdeu o apetite, não conseguia mais ficar em pé e não interagia com os tratadores.

"Os exames iniciais sugeriram uma infecção e o tratamento foi iniciado. Infelizmente, Júpiter não melhorou com este tratamento e permaneceu relutante em se mover e comer. No dia seguinte, ele recebeu tratamentos adicionais e fez mais testes de diagnóstico. Embora parecesse estável, Júpiter morreu durante a noite", disse o zoológico.

O local possui medidas de prevenção para que funcionários não infectem os animais, como o uso de máscaras perto dos bichos que estão suscetíveis à doença.

Na postagem, o zoológico lamentou a morte do animal. "A equipe de cuidados de Júpiter se lembra dele como um tigre grande e impressionante, que adorava peixes e dormia em sua caverna. Lembramos com carinho da confiança que construímos com Júpiter ao longo do tempo através do treinamento e com ele sempre foi muito amigável com as tigres fêmeas, Mara e Natasha".

O animal estava no zoológico desde 2015, quando foi trazido de Moscou. Ele teve nove filhotes, sendo seis deles nascidos no próprio zoológico norte-americano.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS