X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Policiais matam suspeitos de estupro coletivo em reconstituição de crime

| 06/12/2019 22:12 h | Atualizado em 07/12/2019, 09:36

Cena da reconstituição publicada pela polícia em uma rede social
Cena da reconstituição publicada pela polícia em uma rede social |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Policiais mataram quatro homens acusados de assassinato, sequestro e estupro coletivo de uma veterinária de 27 anos, durante a reconstituição do crime em Hyderabad, na Índia. De acordo com a polícia, eles foram baleados quando tentaram fugir. As informações são da Agence France-Presse (AFP). 

"Eles foram mortos a tiros, porque tentaram roubar as armas dos guardas. Chamamos uma ambulância, mas morreram antes da chegada dos médicos", afirmou o vice-comissário da polícia local, Prakash Reddy.

As mortes foram divulgadas nesta sexta-feira (6) pela polícia indiana, mas o caso ocorreu na noite do dia 27 de novembro. A mulher estava tentando ligar sua moto que havia tido o pneu furado pelos homens. Eles a abordaram oferecendo ajuda e ela chegou a ligar para a irmãe relatando o incidente e afirmando que estava com medo.

No dia seguinte o corpo da veterinária foi encontrado carbonizado debaixo de uma ponte. Os homens logo foram presos e grupos iniciaram manifestações contra o estupro dentro da delegacia onde eles estavam detidos. Uma deputada chegou a dizer que os culpados deveriam ser linchados em praça pública. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS