X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pelosi em Taiwan "violou gravemente" princípio de uma só China, diz ministro

Ministro chinês diz que a visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, infringe a soberania do país

Matheus Andrade, da Agência Estado | 03/08/2022 08:36 h

Nancy Pelosi está em Taiwan
Nancy Pelosi está em Taiwan |  Foto: Reprodução Instagram
 

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, afirmou nesta quarta-feira (3), que a visita da presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan "viola gravemente o princípio de uma só China". Em comunicado, o diplomata disse ainda que o movimento "infringe maliciosamente" a soberania do país e se envolve "descaradamente em provocações políticas".

Segundo ele, a atitude despertou forte indignação entre o povo chinês e ampla oposição da comunidade internacional. Wang afirmou que políticos americanos vem minando a relação entre os países, e que Washington se tornou o "maior destruidor" da paz no estreito de Taiwan e da estabilidade regional.

O diplomata disse que os EUA afirmam que a China está agravando a situação, mas que o país foi o primeiro a provocar Pequim na questão de Taiwan, e que "violaram descaradamente a soberania e a integridade territorial da China".

Além disso, sobre a alegação de separação de Poderes, o que faria com que o Executivo dos EUA não pudesse impedir a visita da congressista, o chinês argumentou: "a norma básica do direito internacional é que os EUA devem cumprir suas obrigações internacionais, e os principais políticos não devem se comportar mal".

Em conclusão, o ministro disse que a questão de Taiwan é puramente um assunto interno da China. "É lícito e justificado que a China defenda a integridade territorial e se oponha à secessão", afirmou.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS