X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Papa lamenta as 'muitas vítimas' do coronavírus na América Latina

| 07/06/2020 17:55 h

Papa Francisco celebra missa no Vaticano
Papa Francisco celebra missa no Vaticano |  Foto: Reprodução / Facebook

O papa Francisco lamentou neste domingo, 7, que a epidemia de coronavírus continue a causar "muitas vítimas" na América Latina e expressou sua proximidade aos povos da região, durante a tradicional oração do Angelus no Vaticano.

Depois de agradecer ao fato de que a epidemia parece ter sido superada na Itália, o pontífice acrescentou que "infelizmente, em outros países, especialmente na América Latina, o vírus continua fazendo muitas vítimas".

"Sexta-feira passada, num país, morreu um por minuto, terrível!"

Sem citar o nome do Brasil, o papa destacou a gravidade da situação sanitária no País em referência à marca de 1.473 mortes em um período de 24 horas, alcançada pelo País na última quinta-feira, 4.

Francisco expressou sua "proximidade a essas populações, os doentes e suas famílias e todos os que cuidam deles".

O balanço da pandemia é de cerca de 400 mil mortos em todo o mundo, e nas últimas semanas se acelerou na América Latina, especialmente no Brasil, o terceiro país com o maior número de mortes no planeta (35.930 mortes), atrás dos Estados Unidos (109 791 mortes) e do Reino Unido (40.465 mortes).

Na Itália, a covid-19 fez 33.846 mortes em quatro meses, mas a epidemia parece contida na península, que anunciou 72 mortes e 270 infecções nas últimas 24 horas.

A presença neste domingo de centenas de fiéis na Praça de São Pedro para o Angelus "é um sinal de que a fase aguda da epidemia passou na Itália", disse o papa, que, no entanto, pediu cautela e não cantou "vitória antes do tempo".

A Santa Sé anunciou neste domingo que não havia mais casos de coronavírus no Vaticano, onde 12 pessoas foram infectadas e isoladas. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS