X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Norte-americano é 1º estrangeiro a morrer na China por coronavírus

| 08/02/2020 14:06 h

Máscaras para conter proliferação do coronavírus
Máscaras para conter proliferação do coronavírus |  Foto: Foto: Aloisio Mauricio/Agência Estad
Um norte-americano morreu devido ao novo coronavírus em Wuhan, cidade chinesa onde começou o surto, anunciou neste sábado (8) a embaixada dos Estados Unidos (EUA), sobre a primeira morte confirmada de um estrangeiro na China.

"Podemos confirmar que um cidadão norte-americano, de 60 anos, declarado portador do coronavírus, morreu num hospital de Wuhan no dia 6 de fevereiro", disse um porta-voz da embaixada dos EUA em Pequim.

A China tinha elevado hoje para 722 mortos e mais de 34 mil infectados o número de vítimas do surto de pneumonia provocado pelo novo coronavírus (2019-nCoV), detectado em dezembro passado em Wuhan, capital da província de Hubei (centro), colocada sob quarentena.

Nas últimas 24 horas, foram registradas 86 mortes e 3.399 novos casos.

A primeira pessoa a morrer por causa do novo coronavírus fora do país foi um cidadão chinês nas Filipinas.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há outros casos de infecção confirmados em mais de 20 países. Na Europa, o número de casos confirmados chegou, nessa quinta-feira (6) a 31, com novas infecções detectadas no Reino Unido, na Alemanha e Itália.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, em 30 de janeiro, situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional, o que pressupõe a adoção de medidas de prevenção e coordenação em escala mundial.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS