X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Na Eslováquia, ataques de urso matam uma pessoa e deixam cinco feridas


A pequena cidade turística de Liptovsky Mikula, localizada no norte da Eslováquia, declarou estado de emergência na última segunda-feira, 18, após uma série de ataques de um urso pardo em um curto intervalo de tempo. Cinco pessoas ficaram feridas.

O último ataque ocorreu no domingo, 17. "O urso passou uns 20 minutos no centro da cidade, atacou cinco pessoas e retornou à floresta", explicou à AFP o porta-voz do município, Viktoria Capcikova. "Cinco pessoas, entre elas uma criança de 10 anos, sofreram cortes e mordidas", afirmou. Os feridos foram encaminhados ao hospital e receberam alta.

As autoridades pediram na segunda-feira aos habitantes que não saíssem das áreas residenciais, especialmente no período da manhã e da tarde, já que o urso continua solto. Seis grupos formados por caçadores, policiais e especialistas em floresta selvagem tentavam localizar o animal nos arredores da cidade a quase 300 quilômetros da capital Bratislava.

Na sexta-feira, 15, uma mulher morreu após o ataque de outro urso na região do vale de Demanovska Dolina, no distrito de Liptovsky Mikulas. A mulher, de 31 anos, caiu em um penhasco após ser perseguida pelo animal, segundo as autoridades, e não resistiu aos ferimentos da queda.

Vídeos de testemunhas compartilhados nas redes sociais mostram o urso correndo pelas ruas de Liptovsky Mikulas, com cerca de 30 mil habitantes, em plena luz do dia. Testemunhas contaram à polícia que o urso atravessou o rio Váh e saiu da zona residencial da cidade, embora o seu paradeiro permaneça desconhecido.

Investigadores eslovacos afirmam que não houve nenhum aumento importante na população estimada de ursos, que no ano passado era de cerca de 1.275 exemplares.

O Ministério do Meio Ambiente eslovaco declarou na sexta-feira que, junto com a Romênia, apresentará uma proposta à União Europeia (UE) para reclassificar o urso em uma categoria mais baixa de proteção da fauna silvestre protegida. (Com agências internacionais).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: