X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Mais de 400 atores enviam carta ameaçando greve em Hollywood

O movimento teve início com a greve dos roteiristas no começo deste mês e vem ganhando apoio e adesão de diversos profissionais da indústria


Imagem ilustrativa da imagem Mais de 400 atores enviam carta ameaçando greve em Hollywood
Meryl Streep e Jennifer Lawrence assinaram o documento |  Foto: Divulgação

Mais de 400 estrelas de Hollywood, incluindo Meryl Streep, Jennifer Lawrence e Remi Malek, querem que o Sindicado dos Atores do Hollywood adote uma posição mais dura nas negociações com os estúdios.

Salário mínimo e atenção à saúde estão entre as reivindicações de uma série de protestos que iniciou com a greve dos roteiristas, no início deste mês.

"Estamos tendo negociações extremamente produtivas, focadas em resolver todas as questões cruciais que vocês disseram ser as mais importantes", disse o presidente da organização, Fran Drescher, em vídeo publicado em suas redes sociais.

Leia mais:

Atualização do Instagram deixa ver a data de quando alguém te seguiu

Cazé diz que teve problemas em casa após gastar R$ 825 mil em leilão de Neymar

A declaração não agradou os atores, que temem a aceitação de um acordo que não cumpra todas as demandas.

"Esperamos que você tenha ouvido nossa mensagem: este é um ponto de inflexão sem precedentes em nossa indústria, e o que pode ser considerado um bom negócio em qualquer outro ano simplesmente não é suficiente agora", diz a carta assinada pelos 400 atores e obtida pela imprensa internacional.

"Sentimos que nossos salários, nosso ofício, nossa liberdade criativa e o poder de nosso sindicato foram prejudicados na última década", conclui o documento.

Por fim, os artistas afirmaram estar prontos para uma greve, caso as negociações com estúdios, streamers e produtoras de Hollywood não tenha uma conclusão favorável até o final desta semana.

Leia mais:

Japão suspende a compra de aves do Espírito Santo após caso de gripe aviária

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: