X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Israel vai ampliar ataques ao Hezbollah no Líbano, mesmo se houver trégua com Hamas

Cerca de 200 combatentes do Hezbollah e 35 civis foram mortos no Líbano em quase cinco meses de confrontos


O ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, disse neste domingo (25) que os ataques contra o grupo militante Hezbollah, do Líbano, serão ampliados, mesmo se houver um cessar-fogo com o Hamas na Faixa de Gaza. O Hezbollah, que vem trocando ataques com os israelenses durante o conflito em Gaza, havia dito que interromperia seus ataques quase diários caso houvesse uma trégua em Gaza.

Gallant, porém, disse que seria um "erro" considerar que uma trégua temporária em Gaza se aplicaria à fronteira norte do país. "Continuaremos a disparar, e faremos isso independentemente do sul, até que consigamos nossos objetivos", afirmou.

Cerca de 200 combatentes do Hezbollah e 35 civis foram mortos no Líbano em quase cinco meses de confrontos quase diários com as forças de Israel. Em Israel, nove soldados e nove civis morreram por causa dos ataques do Hezbollah. Fonte: Associated Press.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: