X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

G7 exige que Irã e aliados cessem ataques e diz que está pronto para responder a novas ações


O G7 afirmou em comunicado emitido neste domingo, 14, que exige que o Irã e seus aliados cessem ataques e que estará pronto para tomar novas medidas "em resposta a novas iniciativas desestabilizadoras", informou em referência ao envio de mísseis e drones pelos iranianos ao território de Israel. O grupo, que realizou reunião virtual, condenou "nos termos mais veementes" a iniciativa no Irã, que foi chamada de "sem precedentes".

Disse também expressar sua solidariedade a Israel e seu povo, reafirmando o comprometimento com a segurança do país.

"Com as suas ações, o Irã deu um passo adicional no sentido da desestabilização da região e corre o risco de provocar uma escalada regional incontrolável. Isso deve ser evitado. Vamos continuar a trabalhar para estabilizar a situação e evitar uma nova escalada", reforçaram os integrantes do grupo, no texto publicado no portal do governo italiano, que está presidindo o colegiado desde janeiro.

O G7 informou ainda que reforçará a cooperação para pôr fim à crise em Gaza, dando continuidade aos trabalhos em prol de um cessar-fogo "imediato e sustentável" e da libertação de reféns pelo Hamas, além de prestar maior assistência humanitária aos palestinos em necessidade.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: