Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Capixaba chega ao Brasil com família após sair da Ucrânia

Lyarah estava morando no país por morar com o marido, o jogador Maycon Andrade

Amanda Drumond | 01/03/2022 12:52 h

Cerca de 40  brasileiros desembarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos, fugindo da guerra. Na foto Lyarah, esposa do jogador Maicon, do Shakhtar |
Cerca de 40 brasileiros desembarcaram no Aeroporto Internacional de Guarulhos, fugindo da guerra. Na foto Lyarah, esposa do jogador Maicon, do Shakhtar | |  Foto: ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
 

A capixaba Lyarah Vojnovic Barberan chegou ao Brasil, na manhã desta terça-feira (1º), com o marido, Maycon Andrade, que joga futebol pelo Shakhtar, da Ucrânia, e os dois filhos. Eles desembarcaram no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, onde os pais de Lyarah esperavam por ela e sua família.

Nas redes sociais, Marcelo Vojnovic comemorou a volta da filha com vários vídeos que mostram o abraço emocionado do reencontro dos dois. O irmão da jovem, Lyanco Vojnović, também compartilhou um vídeo em que a irmã corre para abraçar o pai no aeroporto. 

Em entrevista à Folha de São Paulo, o jogador Maycon contou que pegou um voo com a família para o Brasil, em Frankfurt, na Alemanha. "Foi uma mistura de sentimentos, de tristeza, de terror, de todas as palavras que demonstram isso, e depois um alívio, uma gratificação por ter conseguido sair, todos bem, sem nenhum susto".

Lyarah, Maycon e os jogadores brasileiros Fernando, Pedrinho e Dodô, todos do Shakhtar Donetskcom, com suas famílias, faziam parte do grupo que passou os últimos dias em um bunker em um hotel de Kiev, capital da Ucrânia. Eles deixaram o bunker no último sábado (26) e pegaram um trem até Chernivtsi, no oeste da Ucrânia.

Foram 16 horas de viagem de trem até a fronteira com a Moldávia. Depois, o grupo ainda foi de ônibus até a Romênia. Eles ainda passaram por outros países para aí sim embarcarem para o Brasil.

"Nós conseguimos sair! Graças a Deus. Infelizmente a guerra existe dentro das pessoas. As pessoas não sabem o que é uma guerra. Tantos xingamentos para uma mãe com o psicológico abalado! Desejando a morte até dos meus filhos. Minha mente e meu psicológico estão destruídos", disse Lyarah em uma postagem no story de seu Instagram, na segunda (28).

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS