search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ideias para decorar as paredes da casa
AT em Família

Ideias para decorar as paredes da casa

Vivian Chiabay  diz que peça em MDF permite decoração personalizada (Foto: Divulgação)Vivian Chiabay diz que peça em MDF permite decoração personalizada (Foto: Divulgação)

Transformar um ambiente parece uma tarefa complicada, mas pode ser simples e acessível. Uma forma de deixar a decoração mais interessante é dando vida às paredes, explorando diferentes elementos.

Papéis de parede, boiseries, painéis, revestimentos, prateleiras e plantas são boas alternativas, embora algumas dessas ideias demandem um pouco mais de trabalho. Para quem busca praticidade, há opções mais simples.

A arquiteta Luiza Teubner menciona que “a decoração pode ser feita através de quadros, objetos decorativos como pratos, flores secas, frases/desenhos feitos à mão, letreiro luminoso e muito mais.”

“A criatividade deve ser livre. Não é necessário que as paredes recebam cores, paredes brancas podem ser valorizadas com esses itens também”, acrescenta.

Para quem quer fugir da parede branca, a seleção de tonalidades pode ser feita com o auxílio do círculo cromático, trabalhando cores complementares ou análogas, que surtem um efeito positivo.

“Uma boa dica para o ‘faça você mesmo’ é montar uma composição com todos os itens de desejo antes de colocar em prática. Um moodboard (painel de ideias) pode ser uma boa ferramenta para organizar os pensamentos e deixar a criatividade fluir”, sugere Luiza.

Uma opção prática é expor verdadeiras obras de arte, que são acessíveis financeiramente e têm instalação prática, com uma simples fita dupla face.

A arquiteta Vivian Chiabay, que cria obras em MDF para embelezar paredes, diz que “a escultura sai do básico do quadro e trabalha o ambiente de forma personalizada, com o estilo de peça de acordo com o perfil da pessoa”.

A peça por si só já transforma o ambiente, mas também pode ser associada a outros elementos, como papéis de parede, quadros ou mobílias (atrás de sofá ou bufês, por exemplo).

“Receber uma consultoria também faz diferença porque muitas pessoas são leigas em relação a medidas e estilo, então podem acabar comprando uma peça no tamanho errado; ou muito pequena ou grande demais. O tamanho tem impacto no resultado final”, destaca Vivian.

 (Foto: Reprodução) (Foto: Reprodução)


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados