search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Homem morre após ser picado por abelhas no quintal de casa em Vitória

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Homem morre após ser picado por abelhas no quintal de casa em Vitória


 (Foto: Freepik)
(Foto: Freepik)

Um homem de 57 anos morreu após ser picado por abelhas, no quintal de casa, no bairro Ilha de Monte Belo, em Vitória, na manhã desta terça-feira (22).

José Salvador dividia a casa com a irmã, uma aposentada de 63 anos. Em entrevista ao Tribuna Online, ela contou que estava na parte de dentro da residência na hora do ataque e chegou a ouvir o irmão pedir socorro.

De acordo com a familiar, antes de ser atacado pelos insetos, José tinha ido na parte de trás da casa, que possui "muito mato e árvores", por volta das 10 horas da manhã. Logo depois, ela o ouviu gritando.

"Ele me gritou e disse 'As abelhas me pegaram e eu estou cheio de abelha, socorro, socorro!' Eu corri e consegui tirar algumas, cheguei a ser picada. Aí ele rolou no chão e eu consegui tirar ele de lá", contou a idosa.

Ainda segundo o relato da irmã, ela conseguiu sentar José no sofá, mas ele começou a sentir muita falta de ar. "Eu consegui ligar pro meu filho e ele foi me falando o que eu tinha que fazer, mas eu sou idosa e não consegui colocar ele no chão. Ele tinha alergia e ninguém sabia", lamentou.

O Samu foi acionado, mas José Salvador já estava morto. 

Por meio de assessoria, o Corpo de Bombeiros informou que não há ocorrência sobre o caso.

A Secretaria Municipal de Saúde de Vitória também foi procurada e informou, por meio de nota, que não há registros de chamados relacionados a abelhas em Vitória neste ano.

"A Secretaria acrescenta que em situações como essa, o munícipe pode acionar o Centro de Vigilância em Saúde Ambiental, por meio do telefone 156, para uma vistoria técnica", diz o comunicado.

José Salvador era casado e tinha um filho. A irmã da vítima informou que não vai haver velório e que o enterro vai acontecer na manhã desta quarta-feira (23), no cemitério de Maruípe. 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados