search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Homem é preso após invadir casa de Neymar

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Homem é preso após invadir casa de Neymar


Um homem foi preso no último fim de semana depois de invadir o terreno da casa do atacante Neymar, na comuna de La Celle-Saint-Cloud, na França. Segundo noticiado pelo jornal "L'Équipe" nesta segunda-feira, o invasor conseguiu escalar o muro da propriedade, mas foi detido pela equipe de segurança particular do jogador antes que ele chegasse na casa em si.

Segundo informações no site do G1, o episódio ocorreu na madrugada de sábado para domingo. De acordo com a apuração do jornal, o invasor havia sido visto circulando pelas proximidades da residência de Neymar nos últimos três dias.

A casa de Neymar foi invadida no final de semana (Foto: BENOIT TESSIER/REUTERS)A casa de Neymar foi invadida no final de semana (Foto: BENOIT TESSIER/REUTERS)

Em matéria publicada pelo o "L'Équipe", o invasor sofre de transtornos mentais e foi encaminhado a um hospital psiquiátrico, após a chegada da polícia ao local e também de uma sessão com um psiquiatra.

Ele foi identificado como uma pessoa de nacionalidade angolana, de 26 anos, e que carregava na mochila diversas bíblias. Ele teria afirmado à polícia que gostaria de se encontrar com Neymar para lhe transmitir "a palavra de Deus".Em março, as casas de Di María e Marquinhos foram assaltadas durante um jogo do Paris Saint-Germain, contra o Nantes, pelo Campeonato Francês.Faltando uma rodada para o fim da competição, o PSG está em segundo lugar, com 79 pontos, a apenas um do líder Lille. A última rodada será toda disputada no próximo domingo.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.