search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Gustavo Henrique tem pena convertida em ação social e jogará Supercopa do Brasil

Esportes

Esportes

Gustavo Henrique tem pena convertida em ação social e jogará Supercopa do Brasil


Gustavo Henrique, que estava no Santos, é zagueiro e tem 26 anos (Foto: Reprodução/Twitter)
Gustavo Henrique, que estava no Santos, é zagueiro e tem 26 anos (Foto: Reprodução/Twitter)

O Flamengo poderá contar com Gustavo Henrique na Supercopa do Brasil, domingo, no Mané Garrincha, diante do Athletico Paranaense. Nesta sexta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) confirmou a transformação do jogo de suspensão que o zagueiro ainda tinha a cumprir em uma medida social.

Gustavo Henrique doará R$ 25 mil para a compra de cadeiras de rodas pela Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR), ficando livre para disputar a primeira decisão do Flamengo na temporada.

"O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Paulo César Salomão Filho, deferiu na tarde desta sexta, dia 14 de fevereiro, a conversão da pena de uma partida de suspensão do atleta Gustavo Henrique em medida de interesse social. Em despacho, Salomão determinou a doação de R$ 25 mil para a ABBR do Rio de janeiro e a presença do zagueiro e mais um titular do Flamengo na instituição para entrega da doação. A data ainda será agendada com clube e instituição", comunicou o STJD.

En 2019, Gustavo Henrique foi expulso em partida do Santos, o seu último clube, contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro. O zagueiro cumpriu a pena automática e recebeu uma segunda partida de gancho, mas o seu time conseguiu um efeito suspensivo. Posteriormente, o Pleno do STJD negou o recurso, o que forçava o zagueiro a cumprir o gancho, agora pelo Flamengo, em uma competição nacional. Mas a decisão do tribunal o liberou para enfrentar o Athletico-PR.

A liberação fará Gustavo Henrique ter condições de atuar no domingo, sendo que ele deverá compor a dupla de zaga com Rodrigo Caio, recém-recuperado de lesão. E como Léo Pereira se contundiu no Fla-Flu da última quarta-feira, Matheus Thuler será a primeira opção no banco de reservas.

Assim, o Flamengo deve entrar em campo no domingo com a seguinte formação: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados