search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Governo vai discutir reabertura das escolas em cidades com risco moderado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Educação

Governo vai discutir reabertura das escolas em cidades com risco moderado


Depois do governador Renato Casagrande anunciar, na última sexta-feira (20), que as escolas de cinco cidades terão que voltar a suspender as aulas presenciais a partir de segunda-feira (23), o próprio governo se mobilizou e convocou uma reunião com representantes dos sindicatos patronais e dos trabalhadores da educação.

Sala de aula vazia: decisão pela suspensão de atividades levou em conta a segurança dos alunos  (Foto: Arquivo/AT)
Sala de aula vazia: decisão pela suspensão de atividades levou em conta a segurança dos alunos (Foto: Arquivo/AT)
O objetivo é discutir a medida do governo e uma possível reabertura para todas as escolas que estariam proibidas a partir de segunda, tanto públicas quanto particulares.

A reunião foi marcada para terça-feira (24) e estão sendo convidados representantes do Sindicato dos Professores do Estado do Espírito Santo (Sinpro), Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES), Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) e Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos do Estado (Sindipúblicos).

O decreto que estabelece a proibição nas cinco cidades - Vitória, Cariacica, Viana, Ecoporanga e Barra de São Francisco - que migraram para o risco moderado está previsto para ser publicado neste sábado, mas até a divulgação desta matéria não havia veiculado.

Escolas, bares e restaurantes com rotinas alteradas

O novo Mapa de Risco, que coloca as cidades de Vitória, Cariacica, Viana, Ecoporanga e Barra de São Francisco em risco moderado de contágio do novo coronavírus, entra em vigor a partir desta segunda-feira (23), conforme comunicado pelo governador Renato Casagrande. Escolas, bares e restaurantes terão suas atividades alteradas.

A partir desta segunda, bares e restaurantes destas cidades só poderão funcionar (entre segunda e sábado) até as 22 horas. Aos domingos, o funcionamento será restrito às 16 horas. Esta decisão provocou queixas por parte do segmento, que considerou o ato como um "golpe fatal".

Leia Mais: "É um golpe fatal", diz sindicato sobre nova restrição a bares e restaurantes

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados