search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Gerente de padaria é agredido por homem em situação de rua em Jardim Camburi

Notícias

Polícia

Gerente de padaria é agredido por homem em situação de rua em Jardim Camburi


A vítima foi arranhada no rosto e nas mãos (Foto: Acervo Pessoal)
A vítima foi arranhada no rosto e nas mãos (Foto: Acervo Pessoal)
O gerente de uma padaria localizada em Jardim Camburi, próximo ao Shopping Plaza, foi agredido na tarde desta quinta-feira por um homem em situação de rua. Antônio Carlos Sazzolaro, 44, contou que a confusão ocorreu após a tentativa dele de pedir que o homem se retirasse do local.

Segundo o gerente, os clientes do estabelecimento estavam sendo abordados e se sentindo incomodados. Foi quando ele decidiu pedir para que o homem saísse, mas acabou sendo agredido.

“Quando pedi que ele saísse, ele agarrou a minha mão e, com as unhas, me puxou e arranhou. Tentei imobilizá-lo, mas ele passou o braço por trás da minha cabeça e fincou as unhas no meu rosto”, explicou.

Em seguida, o homem se afastou, ameaçando pegar alguma coisa que carregava no balde que trazia junto com ele, mas em seguida foi embora. Uma atendente da padaria auxiliou no pedido de socorro, chamando a polícia, que rapidamente chegou ao local. No entanto, o homem não foi encontrado.

O gerente precisou ir a uma unidade de saúde e foi submetido a uma vacina antitetânica e hepatite. Ele realizou um Boletim de Ocorrência e, à noite, realizou o exame de corpo e delito.

A Associação de Moradores de Jardim Camburi comentou que, juntamente com a Polícia Militar, escolas e igrejas locais, está realizando um projeto para o mapeamento da região para que eventos como esse não se repitam no bairro.

Em nota, a Polícia Militar informou que realiza o policiamento ostensivo 24h por dia em todo o bairro, e que, além do patrulhamento preventivo, conta com diversas operações diárias de cercos táticos, pontos base, visitas tranquilizadoras e abordagens.

Em casos como esse, a recomendação é acionar uma viatura imediatamente via Ciodes (190). “Vale lembrar que a PM somente pode deter indivíduos em situação de flagrante delito, por isso é de extrema importância a participação da comunidade para que uma viatura seja acionada imediatamente”, disse.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados