search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Gatilho: a criação da nova cédula de R$ 200
Painel da Folha de São Paulo

Gatilho: a criação da nova cédula de R$ 200

A criação da nova cédula de R$ 200 vai na contramão do combate à lavagem de dinheiro, segundo especialistas. Para tomar a decisão, o Banco Central não consultou nenhum dos órgãos de controle e investigação, como Coaf e o Ministério da Justiça. Nos últimos anos, o BC e outros órgãos do governo vêm buscando estratégias para reduzir a circulação de dinheiro em espécie com o objetivo de diminuir crimes financeiros. O banco diz, no entanto, que não há contradição entre as medidas.

Atuação

Criada em 2003 por iniciativa do Ministério da Justiça, a Enccla (Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro) colocou como prioridade a proposição de medidas para aprimorar controles ao uso de dinheiro em espécie para prevenção a ilícitos. Como resultado, elaborou um anteprojeto.

Cueca

Investigadores dão exemplos de doleiros que foram descobertos na Lava a Jato, que transportavam dinheiro em voos pelo Brasil. A capacidade de ocultação no corpo é limitada: R$ 300 mil se as notas fossem de R$ 100, e de R$ 150 mil se fossem de R$ 50, segundo inquéritos. Com a nova cédula, eles poderiam levar R$ 600 mil, estima-se.

Veja bem

Em nota, o Banco Central afirmou que o País tem normas de combate à lavagem alinhadas às melhores práticas internacionais e as ações da Enccla avaliaram medidas de restrição e controle, “mas não contemplaram sugestão de exclusão de cédulas de maior denominação”.

E mais

“A denominação das cédulas não influencia nas medidas propostas naquele anteprojeto de lei. O lançamento da cédula em nada afronta a proposta”. Segundo o BC, a criação da nota é ação preventiva por causa do entesouramento na pandemia.

Quero mais

Na pressão para conseguir a liberação para um novo concurso público para aumentar seu efetivo, a Polícia Federal fez uma apresentação para o ministro André Mendonça (Justiça) com a comparação do efetivo de outros países com o seu, atualmente de 10.400 servidores.

Fora

Segundo os números: a polícia italiana tem 62 mil pessoas, a alemã, 42 mil, a da Argentina, 28 mil, enquanto 140 mil compõem agências dos EUA que têm as atribuições da polícia brasileira. A PF alega ainda que, com mais funções, tem quase o mesmo efetivo que a Polícia Rodoviária Federal (8.700).

Acatado

Após Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), intimar o presidente do Facebook no Brasil, por não bloquear perfis bolsonaristas fora do País nesta sexta, a empresa recuou e anunciou ontem que decidiu cumprir a determinação do ministro.

Tudo ou nada

O Ministério da Ciência e Tecnologia repassou R$ 11 milhões para a realização dos dois estudos clínicos do projeto que testa a nitazoxanida, um vermífugo com nome comercial de Annita, no tratamento da Covid-19. A experimentação foi anunciada pelo ministro Marcos Pontes, em abril, como o teste de um “remédio secreto”.

Despacito

Coordenadora do projeto, Patrícia Rocco, chefe do Laboratório de Investigação Pulmonar da UFRJ, diz que é preciso aguardar o fim dos testes para elaborar as conclusões do estudo.

Ciência

“Infelizmente ou felizmente, não sei nada. O que acho importante, a gente não tem nenhum tipo de entendimento ou torcida. Meu trabalho é coordenar o estudo para que tenha rigidez e boas práticas”, afirma. Mesmo sem evidências científicas até agora, Pontes, contaminado, diz estar tomando o medicamento.

Razões

Levantamento sobre pedidos negados pela Lei de Acesso feito pela Transparência Brasil a pedido o Painel mostra que a alegação de pedido genérico para não conceder dados tem evoluído em tendência crescente até atingir seu maior patamar no governo Bolsonaro.

Subiu

Neste primeiro semestre, foram 1.116 acessos negados por pedido genérico, o que representa 20% das recusas. Em 2019, no mesmo período, essa justificativa também foi a líder, com 1.068 casos (21%). O aumento fica mais evidente quando comparado ao mesmo intervalo dos anos anteriores. Em 2018, foram 757 recusas (15%), contra 609 (15%) em 2017, e 525 (12,5%) em 2016.

Tiroteio

“As ambições pessoais de um homem não podem levar à destruição do órgão que ele, só por acidente, comanda”

De Clèmerson Merlin Clève, advogado e professor, sobre as críticas do procurador-geral da República, Augusto Aras, à operação Lava a Jato.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Imagem

Em dois meses, o Meio Ambiente destravou cerca de R$ 530 milhões que estavam parados há um ano e meio à espera de definições do ministro Ricardo Salles. A verba foi para o BNDES e deve financiar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na torcida

Celso Russomanno (Republicanos) tem um incentivador improvável na tentativa de atrair Jair Bolsonaro para sua campanha à prefeitura: Bruno Covas (PSDB). Apoiadores do tucano têm dito que o endosso …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mensagem

O primeiro ato do ministro Luiz Fux como presidente do Conselho Nacional de Justiça gerou reclamações de colegas da corte, de advogados e de entidades ligadas aos Direitos Humanos, que viram na …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao vento

Insatisfeito com o veto de Jair Bolsonaro a projeto de lei que perdoava dívidas de instituições religiosas com o fisco, o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) afirma que três dias antes o presidente …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Corrida com barreiras

O Twitter vê a atual versão do projeto de lei sobre fake news que tramita na Câmara como ameaça à competição no mercado das redes sociais e à internet aberta. Segundo Fernando Gallo, gerente de …


Painel da Folha de São Paulo

Como será o amanhã

Ao custo de mais de 130 mil vidas, a pandemia da Covid-19 expandiu a rede hospitalar do SUS em tempo recorde, segundo secretários de Saúde. O número de leitos de UTI mais que dobrou, por exemplo, em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Voar, voar

A definição do nome do vereador Ricardo Nunes (MDB) como vice na chapa de Bruno Covas (PSDB), que busca a reeleição ao cargo de prefeito de SP, envolve, na expectativa dos tucanos, uma articulação …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fila

Depois do arroz, o Ministério da Economia enviou pedido de informações a diferentes setores produtivos para identificar aumentos de preços. A pasta quer saber se há pontos de estresse em cadeias, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Destino

Os arquivamentos da delação de Sérgio Cabral (MDB) são considerados fortes indicativos de qual deve ser o futuro da operação deflagrada contra advogados ontem, no Rio. Algumas das histórias que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vivos

O PT quer aproveitar o embalo do discurso do ex-presidente Lula no Sete de Setembro para lançar seu programa de reconstrução do País no pós-pandemia. O documento, elaborado ao longo de três …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados