search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Força-tarefa contra assédio e 750 policiais atuando no desfile do Carnaval de Vitória
Carnaval 2020

Patrocínio


Força-tarefa contra assédio e 750 policiais atuando no desfile do Carnaval de Vitória

Interdição Sambão do Povo para o Carnaval de Vitória (Foto: Divulgação Semsu/PMV)
Interdição Sambão do Povo para o Carnaval de Vitória (Foto: Divulgação Semsu/PMV)
Por Júlia Afonso

O policiamento no carnaval de Vitória vai contar com 750 policiais militares distribuídos entre os três dias de festa. Além disso, a tolerância contra o assédio vai ser zero, segundo o tenente-coronel Márcio Franco Borges, comandante do 1° Batalhão.

Os militares estarão divididos em quatro grupos: Força Tática e o Batalhão de Choque, no entorno do Sambão do Povo, o Batalhão de Trânsito e a cavalaria.

A Secretaria de Direitos Humanos de Vitória vai estar no local com agentes em uma ação de conscientização contra o assédio às mulheres. "A PM apoia essa ação. Nosso policiamento já é orientado para agir nesses casos e conduzir quem se exaltar para a delegacia da Polícia Civil", explicou Borges.

Tenente-coronel Márcio Franco Borges, comandante do 1° Batalhão (Foto: Júlia Afonso)
Tenente-coronel Márcio Franco Borges, comandante do 1° Batalhão (Foto: Júlia Afonso)

Trânsito

"Um dos nossos pedidos é que o folião evite ir de carro para o Sambão. Ano passado, mesmo sendo proibido, muita gente estacionou na rua Rosinda Falcão, entre o Trancredão e Segunda Ponte. Vamos ampliar a sinalização e notificar veículos que estiverem ali. É uma via de acesso e saída para ônibus, carros de aplicativo e o carro alegórico", pontuou Borges.

De acordo com ele, no ano passado, alguns carros alegóricos chegaram a ficar travados na rua por conta da grande quantidade de veículos estacionada de forma indevida. O plantão da Polícia Civil na Delegacia de Santo Antônio também estará reforçado para atender possíveis ocorrências.

A expectativa é que mais de 60 mil pessoas passem pelo local ao longo dos três dias. "A Guarda Municipal também estará conosco no meio dos foliões, atendendo ocorrências e dando orientações, além de agentes de postura", afirmou o comandante.

Veja mais:

Interdição no Sambão do Povo vai até o dia 21


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados