search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Fogos foram para comemorar aniversário de traficante em Vitória

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Fogos foram para comemorar aniversário de traficante em Vitória


Fogos chamaram a atenção dos moradores de Vitória (Foto: Reprodução / Vídeo)
Fogos chamaram a atenção dos moradores de Vitória (Foto: Reprodução / Vídeo)
Um intenso foguetório em homenagem ao aniversário do chefe do Complexo da Penha, conhecido como Beto, pôde ser visto e ouvido de diversos pontos de Vitória, na noite de quarta-feira, por volta de 22h20.

A queima de fogos durou cerca de cinco minutos e aconteceu principalmente no alto do Bairro da Penha, mas moradores de outras regiões também relataram queima de fogos nos bairros.

Nos grupos de mensagens e nas redes sociais, populares afirmaram que o motivo para a comemoração seria o aniversário de Carlos Alberto Furtado da Silva, o Nego Beto, que completou 41 anos no dia 1º.

“Aniversário do paizão nego Beto”, publicou um internauta em uma rede social com o vídeo dos fogos. Outro usuário comentou: “Fogos pro alto pra comemorar o aniversário do mano! Vem pra rua neguin beto”.

Em 2008, Carlos Alberto foi preso pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e roubo e atualmente está na Penitenciária de Segurança Máxima II, em Viana. Mesmo preso, ainda influencia no tráfico do Bairro da Penha e é considerado líder da facção Primeiro Comando de Vitória (PCV).

Por nota, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) disse que atua para prevenir e coibir qualquer ato criminoso dentro das unidades.

De acordo com a Polícia Militar, o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) recebeu ligações sobre o foguetório, mas não havia como interferir porque, a princípio, não havia crime, mas também disse que operações nessas áreas têm sido constantes e continuarão sendo realizadas.

Já a Polícia Civil informou que monitora as atividades criminosas em todos os ambientes de modo sigiloso. Além disso, investiga o tráfico de drogas e outros crimes, na região. Destacando a prisão de Ronald Barbosa Furtado da Silva, de 19 anos, que possuía mandado de prisão preventiva em aberto por roubo e é filho do Beto.

O secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira, disse que o município possui um comitê de manutenção da ordem pública que irá planejar medidas para evitar novos casos.

O traficante Carlos Alberto chegou a ser transferido para uma penitenciária federal, em 2015, mas em dezembro de 2016 voltou para o Estado.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados