search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Fluminense vence Botafogo, se aproxima do G6 e deixa rival mais perto do descenso

Esportes

Publicidade | Anuncie

Esportes

Fluminense vence Botafogo, se aproxima do G6 e deixa rival mais perto do descenso


Em uma rodada que os rivais acima na tabela de classificação tropeçaram, o Fluminense se aproveitou ao derrotar o Botafogo por 2 a 0, no domingo (24), no clássico disputado no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo não agradou pela falta de técnica, mas acabou sendo importante para os tricolores, que venceram com gols de Lucca e Wellington Silva.

Com a vitória, o Fluminense atingiu os 50 pontos e continua em sétimo lugar, ainda sonhando com uma vaga na Copa Libertadores de 2021. Mas bem mais perto do G6, já que Palmeiras e Grêmio, em quinto e sexto lugares, respectivamente, perderam neste domingo e ficaram com 51.

Pior é a situação do Botafogo, que sofreu a sua sexta derrota consecutiva, continua na lanterna, com apenas 23 pontos, e está cada vez mais perto de ser rebaixado para a Série B de 2021. O Fortaleza, primeiro time fora da zona de descenso, tem 35 pontos e faltam seis rodadas para o término da competição.

O JOGO - O primeiro tempo foi de pouca movimentação e nenhuma emoção. O Fluminense, como mandante, foi escalado pelo técnico Marcão no esquema 4-3-3 tendo a volta do meia Nenê. O Botafogo, de Eduardo Barroca, começou no 3-5-2. Os dois times concentraram seu jogo na intermediária e quase não chegaram dentro da área. Muitos erros de passes e posse de bola equilibrada.

A única chance real de gol surgiu na parte inicial do clássico, quando Nenê cobrou falta pelo lado direito, houve um desvio na primeira trave e depois Lucca desviou de cabeça. A bola passou à esquerda do goleiro Diego Cavalieri.

Tricolores venceram o rival (Foto: Lucas Merçon/ Fluminense FC)
Tricolores venceram o rival (Foto: Lucas Merçon/ Fluminense FC)

O segundo tempo começou no mesmo ritmo lento. O Fluminense, mais bem organizado, teve uma chance aos 13 minutos, em um chute de Yago Felipe e espalmado para escanteio por Cavalieri. Mas o goleiro se deu mal aos 21, quando Lucca chutou fraco e o arqueiro se agachou e viu a bola tocar em seu joelho e entrar. Uma grande falha e gol do Fluminense. O lance nasceu pelo lado esquerdo, em um cruzamento de Luiz Henrique, que desviou no zagueiro Marcelo Benevenuto e sobrou pra o chute de primeira de Lucca.

Eduardo Barroca tentou colocar o Botafogo na frente com as entradas de três atacantes: Iván Angulo, Davi Araújo e Rafael Navarro. Teve uma chance de empatar aos 30 minutos, em uma falta perto da área bem cobrada por Barrandaguy. Ele encobriu a barreira e a bola passou perto da trave direita de Marcos Felipe O goleiro não fez nenhuma defesa durante o clássico.

Aos 50 minutos, Wellington Silva foi lançado em velocidade dentro da área e acabou derrubado por Cavalieri. Na cobrança, o próprio Wellington Silva bateu forte no canto direito do goleiro, que saltou sem sucesso.

Pela 33.ª rodada, o Fluminense vai enfrentar o Goiás, outro ameaçado pelo rebaixamento, de novo no Rio de Janeiro, no próximo domingo, às 20h30. O Botafogo só volta a campo no dia 2 de fevereiro diante do Palmeiras, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 0 BOTAFOGO

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nenê (Matheus Ferraz); Luiz Henrique (Hudson), John Kennedy (Marcos Paulo) e Lucca (Wellington Silva). Técnico: Marcão.

BOTAFOGO - Diego Cavalieri; Marcelo Benevenuto, Kanu e Rafael Foster (Barrandeguy); Kevin, José Welison (Rafael Navarro), Caio Alexandre, Bruno Nazário (Davi Araújo) e Victor Luís (Cícero); Matheus Nascimento (Iván Angulo) e Matheus Babi. Técnico: Eduardo Barroca.

GOLS - Lucca, aos 21, e Wellington Silva (pênalti), aos 53 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luiz Henrique e Yago Felipe (Fluminense); Rafael Forster (Botafogo).

ÁRBITRA - Edina Alves Batista (Fifa/SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados