search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Fiscalização encerra culto com duas mil pessoas e interdita igreja

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Fiscalização encerra culto com duas mil pessoas e interdita igreja


Fiscalização encerra culto evangélico com duas mil pessoas, em Curitiba (Foto: Bruna Ruediger/Divulgação)
Fiscalização encerra culto evangélico com duas mil pessoas, em Curitiba (Foto: Bruna Ruediger/Divulgação)
Agentes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) contra a propagação da Covid-19 interditaram, no fim da noite de quarta-feira (24), um culto religioso com mais de duas mil pessoas em uma igreja no bairro Batel, em Curitiba.

O caso ocorreu justamente no dia em que a capital paranaense decretou o retorno a bandeira laranja, com mais restrições ao comércio no município.

Os responsáveis pelo evento foram levados para delegacia, assinaram um Termo Circunstanciado, e foram liberados. As informações são do site G1.

A prefeitura de Curitiba informou que, "no momento da incursão, mais de 2 mil pessoas participavam de um evento, contrariando os protocolos sanitários estabelecidos para o momento", afirmou em nota.

"Não é muita gente porque aqui a gente tinha álcool em gel e todo mundo de máscara", disse uma das participantes. Ao ser questionada se ela não tinha medo da aglomeração, a resposta foi: "Não, eu não tenho medo. E os botecos? Os botecos estão cheios", argumentou.

Durante a ação, foram aplicadas três multas, que somaram R$ 150 mil. Os autos foram expedidos, segundo a prefeitura, porque além da realização do evento em desacordo com os protocolos sanitários, havia falta de controle do número de pessoas e de distanciamento de 1,5 metro entre os participantes.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados