search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Festa para 100 pessoas liberada a partir de segunda-feira

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Festa para 100 pessoas liberada a partir de segunda-feira


Marta Veiga é cerimonialista (Foto: Beto Morais/AT)
Marta Veiga é cerimonialista (Foto: Beto Morais/AT)
A partir da próxima segunda-feira, eventos sociais com até 100 pessoas ficam liberados para acontecer no Espírito Santo. É o caso de jantares, formaturas, festas e casamentos intimistas. Os eventos de maior aglomeração, como shows e boates, ainda estão proibidos.

No entanto, não poderá haver pista de dança nos eventos. E cada indivíduo deverá ter ao menos 10 metros quadrados de espaço.

As demais regras do protocolo que visa a evitar contaminação pela Covid-19 nas festas serão divulgadas neste sábado (19), no Diário Oficial, informou a assessoria de imprensa do governador Renato Casagrande.

Com essa flexibilização, o setor já começa a voltar a se movimentar. A cerimonialista Marta Veiga, por exemplo, conta que uma noiva decidiu enxugar a lista de casamento e mudar a data a partir do novo decreto governamental.

“O governo anunciou a liberação no dia 11. Porém, precisamos de tempo hábil para os preparativos finais. A noiva, então, decidiu jogar para junho do ano que vem. Mas, com essa decisão, apostou num casamento intimista e remarcou para 12 de novembro” , contou Marta.

Foi preciso, aliás, adequar a lista de casamentos para encaixar no protocolo anunciado pelo governo do Estado. “Ela diminuiu de 150 para 100 convidados”, citou.

Marta relatou ainda que, inicialmente, a cerimônia estava marcada para 1º de maio, mas não aconteceu por causa da pandemia.

A cerimonialista tem apostado na tônica de festas para poucas pessoas nesses tempos em que aglomerações não são permitidas.

“Em agosto, fiz três casamentos intimistas, para cerca de 25 pessoas. Acredito que é o tipo de festa do momento, pois carrega o mesmo sentimento, mas remete aos tempos em que os casamentos eram para a família e os amigos mais íntimos”, disse.

“Esse novo protocolo vai não só aquecer o mercado, como também reeducar os noivos sobre as festas”, acredita.

Proprietária do Jardim das Festas, loja com itens para eventos e decoração, Mariana Carloni está confiante. “Pelo menos 70% de vendas a mais devem acontecer, dando uma melhorada para o setor. A gente aguardava há muito tempo essas liberações”, comemorou.

“O meu foco, por exemplo, é festa infantil. Como os condomínios também estão liberando áreas sociais aos poucos, acredito em dias melhores”, completou.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados