search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Explosão em parque industrial mata um na Alemanha; há desaparecidos

Notícias

Publicidade | Anuncie

Internacional

Explosão em parque industrial mata um na Alemanha; há desaparecidos


Uma explosão de origem desconhecida em uma estação de tratamento de resíduos causou ao menos um morto, 16 feridos e quatro desaparecidos em Leverkusen, no oeste da Alemanha. O local fica em um parque industrial que concentra empresas químicas.

"Lamentamos profundamente este trágico acidente e a morte de um funcionário", declarou a administração da empresa Currenta, em um comunicado.

Segundo a empresa Currenta, que administra um dos galpões, um funcionário foi encontrado sem vida pelas equipes de resgate. Até o momento, 16 pessoas teriam sido resgatadas com ferimentos e outros quatro funcionários estariam desaparecidos.

A explosão, seguida por um incêndio localizado, ocorreu por volta das 9h40 (04h40 de Brasília). As causas da explosão ainda são desconhecidas e a Defesa Civil alerta para a "ameaça extrema" para os moradores da região por conta da nuvem de fumaça tóxica que se formou.

A ex-subsidiária da gigante química Bayer disse que os moradores de Leverkusen foram instados a "ficar em quartos trancados, desligar o ar-condicionado e, por precaução, fechar portas e janelas".

A polícia local informou que fechou todas as estradas de acesso ao centro industrial e bombeiros trabalham para tentar controlar o problema.

A estação está localizada no limite de um parque industrial que reúne empresas do setor químico, um dos maiores do gênero na Europa, nos arredores de Leverkusen, a cerca de vinte quilômetros de Colônia.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.