search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ex-Desembargador Amim Abiguenem morre aos 86 anos por covid-19

Notícias

Publicidade | Anuncie

Política

Ex-Desembargador Amim Abiguenem morre aos 86 anos por covid-19


Em 2004, Amim Abiguenem foi agraciado com a comenda da Ordem Estadual do Mérito Jerônimo Monteiro, no Palácio Anchieta (Foto: Fábio Nunes / Arquivo AT)
Em 2004, Amim Abiguenem foi agraciado com a comenda da Ordem Estadual do Mérito Jerônimo Monteiro, no Palácio Anchieta (Foto: Fábio Nunes / Arquivo AT)

O desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Espírito Santo Amim Abiguenem morreu nesta sexta-feira (22), aos 86 anos, vítima da covid-19. Segundo familiares do ex-magistrado, ele estava internado em um hospital da Grande Vitória onde teria contraído a doença.

A presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo emitiu uma nota lamentando a morte do desembargador aposentado. A Associação de Magistrados do Espírito Santo (Amages) também lamentou a perda.

"A Associação lamenta a perda do ex-desembargador. Ele há muitos anos era associado da Amages e esteve na associação dias antes de começar o isolamento. Teve uma carreira brilhante como juiz e desembargador do Tribunal de Justiça. É uma grande perda. A Magistratura capixaba está enlutada", afirmou o presidente da Amages, Daniel Peçanha.

Em 2004, Amim Abiguenem foi agraciado com a comenda da Ordem Estadual do Mérito Jerônimo Monteiro, no Palácio Anchieta. Um ano antes, então desembargador concedeu uma liminar que proibiu cinco deputados de participar da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Espírito Santo. Na época, o deputado estadual Giovani Silva foi eleito com o voto destes parlamentares, uma vez que o oficial de Justiça não conseguiu entrar para notificar o presidente. Dias depois, a eleição de Silva foi derrubada na Justiça.

O enterro de Amim Abiguenem foi realizado nesta sexta-feira, às 10 horas, no Cemitério Jardim da Paz na Serra.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados