search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Estilhaços
Painel da Folha de São Paulo

Estilhaços

Apesar da saída de Salim Mattar e Paulo Uebel, dois dos auxiliares mais ligados à agenda liberal, quem conhece Paulo Guedes diz que ele não vai pedir demissão. “PG não sai. Tem consciência de que é o pau da barraca”, afirma Rubem Novaes, amigo do ministro e demissionário presidente do Banco do Brasil.

Pessoas próximas a Guedes relatam cansaço com o acúmulo de frustrações, pela resistência do meio político em se engajar nas mudanças propostas, mas têm dito que não é hora de sair.

DNA
O diagnóstico que se consolida no entorno do ministro da Economia é o de que Jair Bolsonaro, embora diga apreciar alguns aspectos do liberalismo, não é um liberal.

Lacunas
Para parlamentares, a saída de Guedes não seria dramática. A queixa é a de que, fora as reformas, falta a ele um plano para enfrentar a crise econômica.


A saída de Mattar pegou senadores, deputados e colegas do governo de surpresa. Em reuniões recentes, até na véspera, o então secretário de desestatização não deu sinais de que tomaria a decisão. Desconfiam que o estopim teria sido um encontro com Bolsonaro nesta terça (11).

Cansaço
Mattar reclamava da dificuldade de avançar nas privatizações. Segundo relatos, Guedes estava insatisfeito com o auxiliar, que vinha travando queda de braço com Martha Seillier. Incorporada ao time em fevereiro, ela comanda o PPI (Programa de Parcerias e Investimentos).

Apito
Deputada federal e pré-candidata em São Paulo, Joice Hasselmann (PSL-SP) acionou a Justiça para que Bruno Covas (PSDB) justifique um contrato de R$ 10,2 milhões com uma produtora e, dessa forma, deu a largada à disputa eleitoral na capital em 2020. A judicialização das ações de concorrentes foi a tônica de 2018, entre João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB).

Ações
Firmado em julho, o acordo prevê registro de eventos do prefeito e a produção de vídeos. Joice questiona o gasto de R$ 10 milhões no final de julho, dado que a publicidade institucional ficará suspensa a partir de 15 de agosto, segundo legislação eleitoral.

Outro lado
Em nota, a gestão Covas diz que “lamenta que a contratação legal de um instrumento de gestão de comunicação social esteja sendo utilizada de forma inescrupulosa com nítidos objetivos políticos e eleitorais”.

Mais um
A atriz Bete Mendes decidiu apoiar a pré-candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina (PSOL) à Prefeitura de São Paulo. Ela, que foi uma das fundadoras do PT e deputada federal na década de 1980, vai se juntar a grupo de históricos militantes do partido que escolheram apoiar a chapa do líder do MTST.

Resta um
Além dela, André Singer, ex-porta-voz do governo Lula, e Celso Amorim, ex-chanceler na mesma gestão, declararam apoio a Boulos e Erundina. Artistas como Caetano Veloso e Chico Buarque, intelectuais e personalidades historicamente ligadas ao PT assinaram um manifesto no mesmo sentido.

Adeus
O secretário de Habitação da gestão Bruno Covas (PSDB), João Farias, deixará o cargo após o anúncio da pré-candidatura de Celso Russomanno à prefeitura pelo Republicanos. Como é secretário estadual do partido, Farias diz que preferiu sair da administração para evitar constrangimentos para concorrentes.

Primeiro
Farias deve puxar a fila de saídas voluntárias ou exonerações de membros do Republicanos. O partido negociava com o PSDB a possibilidade de que Russomanno fosse vice na chapa de Covas. O substituto para Habitação deverá ser Orlando Faria, ex-Turismo e atualmente na Casa Civil.

Cobrança
Após a morte de Rogério Ferreira Jr., baleado em abordagem de PMs na zona sul de São Paulo, movimentos sociais e entidades de direitos humanos voltaram a pedir audiência com João Doria (PSDB) para discutir os casos de violência policial. A primeira solicitação havia sido feita no mês de junho.

Veja bem
A assessoria do governador diz que ele convocou o vice e secretários para atender as entidades, já que sua agenda está dedicada ao combate ao novo coronavírus e que a proposta foi recusada.

Tiroteio
“Diante de 100 mil mortes, o impeachment de Bolsonaro é mais que necessidade ética, é uma imposição humanitária”
De Douglas Belchior, historiador e cofundador da Uneafro Brasil, sobre conduta do presidente no combate ao coronavírus.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Motor

O auxílio emergencial não incrementou só a renda das famílias, turbinou também a arrecadação dos estados. O aumento do consumo produzido pelas parcelas mensais de R$ 600 gerou alta recorde na …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Velório

O enterro da delação de Sérgio Cabral no Supremo contou com atos contraditórios da Procuradoria-Geral da República, além de uma atitude incomum por parte de Dias Toffoli, então presidente da Corte. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Lentes de aumento

A Polícia Federal declarou guerra ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Em um processo no TCU sobre a compra de imagens de satélites, a PF diz que o Inpe provoca desinformação contra …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Imagem

Em dois meses, o Meio Ambiente destravou cerca de R$ 530 milhões que estavam parados há um ano e meio à espera de definições do ministro Ricardo Salles. A verba foi para o BNDES e deve financiar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na torcida

Celso Russomanno (Republicanos) tem um incentivador improvável na tentativa de atrair Jair Bolsonaro para sua campanha à prefeitura: Bruno Covas (PSDB). Apoiadores do tucano têm dito que o endosso …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mensagem

O primeiro ato do ministro Luiz Fux como presidente do Conselho Nacional de Justiça gerou reclamações de colegas da corte, de advogados e de entidades ligadas aos Direitos Humanos, que viram na …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao vento

Insatisfeito com o veto de Jair Bolsonaro a projeto de lei que perdoava dívidas de instituições religiosas com o fisco, o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) afirma que três dias antes o presidente …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Corrida com barreiras

O Twitter vê a atual versão do projeto de lei sobre fake news que tramita na Câmara como ameaça à competição no mercado das redes sociais e à internet aberta. Segundo Fernando Gallo, gerente de …


Painel da Folha de São Paulo

Como será o amanhã

Ao custo de mais de 130 mil vidas, a pandemia da Covid-19 expandiu a rede hospitalar do SUS em tempo recorde, segundo secretários de Saúde. O número de leitos de UTI mais que dobrou, por exemplo, em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Voar, voar

A definição do nome do vereador Ricardo Nunes (MDB) como vice na chapa de Bruno Covas (PSDB), que busca a reeleição ao cargo de prefeito de SP, envolve, na expectativa dos tucanos, uma articulação …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados