search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Estado tem o menor número de mortes em dois meses

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Estado tem o menor número de mortes em dois meses


Em meio à pandemia do novo coronavírus, o número de mortes por causa da doença demonstra sinais da tendência à estabilidade, já anunciada pelo governo do Estado. Na quarta-feira (15), o total de mortes confirmadas no Espírito Santo foi o menor em dois meses.

Em 24 horas, foram registradas mais 14 mortes provocadas pelo vírus. De acordo com o Painel Covid-19 de quarta, o total de pessoas que perderam a vida no Estado chega a 2.096.  

O último dia em que o Estado registrou um número menor de mortes foi em 16 de maio, com 11 confirmações. De lá para cá, o total de óbitos divulgados a cada dia só aumentou.

Entre a última terça-feira e quarta, foram confirmados 1.139 novos casos. Com isto, a quantidade de pessoas com a Covid-19 chegou a 66.352 no Espírito Santo.

Teste para detectar a Covid-19 (Foto: Freepik)
Teste para detectar a Covid-19 (Foto: Freepik)

À frente do ranking dos municípios, com mais casos, segue Vila Velha, com 10.343 pessoas infectadas. A Serra continua na segunda colocação, com 9.476 pacientes. Em terceiro lugar, Vitória tem 9.369 moradores que testaram positivo para a doença. 

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), são 44.519 pacientes curados. No Espírito Santo, há ainda 76.290 casos suspeitos da doença. Outros 57.546 casos foram descartados para o novo coronavírus.

 A taxa de letalidade do vírus caiu de 3,19% para 3,16% e, de acordo com a Sesa, 140.349 testes já foram realizados em pessoas com sintomas da doença.

Estabilidade

Sobre o número de mortes, a Secretaria de Estado da Saúde explicou que, atualmente, o Espírito Santo vive uma fase de estabilidade da doença na região da Grande Vitória, o que pode resultar numa redução no número de óbitos.

A secretaria reforçou, no entanto, que essa questão requer uma análise mais aprofundada.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados