search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Estado retoma agendamento de consultas, exames e cirurgias eletivas

Notícias

Publicidade | Anuncie

Saúde

Estado retoma agendamento de consultas, exames e cirurgias eletivas


O Estado vai retomar o agendamento de consultas, exames e cirurgias eletivas ofertados pelos serviços próprios e contratualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A portaria foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (7).

Os procedimentos foram suspensos em 20 de março, “com base na Nota Técnica 06/2020 da Anvisa, em decorrência do enfrentamento da emergência de saúde pública causada pelo novo Coronavírus (Covid-19)”.

No entanto, cirurgias oncológicas, cardiovasculares, de urgência e emergência continuaram sendo realizadas.

Segundo a Sesa, o processo de reagendamento será desenvolvido em três etapas progressivas.

1) Oferta de 30% da capacidade anterior, constatada pela série histórica e contratualizada na rede complementar;

2) Oferta de 70% constatada pela série histórica contratualizada na rede complementar;

3) Oferta de 100%, voltando aos níveis da série histórica contratualizada na rede complementar

 (Foto: Foto: Arte: Renan Martinelli/AT - Foto: CADU ROLIM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO) )
(Foto: Foto: Arte: Renan Martinelli/AT - Foto: CADU ROLIM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO) )

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, afirmou que “as etapas serão implementadas conforme avaliações de indicadores, critérios e protocolos, considerando a possibilidade de manutenção ou nova interrupção dos serviços em cenário epidemiológico desfavorável. Vamos monitorar as etapas e avaliar quanto à interrupção dos serviços, se necessário”.

Os serviços de saúde credenciados pela Sesa devem informar, no prazo de sete dias, um plano operativo relacionado ao desenvolvimento das etapas, com as especialidades e agendas de consultas e exames ambulatoriais.

A portaria não rege a retomada de procedimentos da iniciativa privada e municipal.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados