search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Estado entrega obras de restauro da Capela de Santa Luzia

Notícias

Cidades

Estado entrega obras de restauro da Capela de Santa Luzia


Capela Santa Luzia fica localizada na Cidade Alta (Foto: Hélio Filho/Secom)
Capela Santa Luzia fica localizada na Cidade Alta (Foto: Hélio Filho/Secom)

Em solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (2), o Governo do Estado entregou as obras de restauro da Capela de Santa Luzia, no Centro de Vitória. É a construção religiosa mais antiga da Capital.

O local estava fechado desde 2016 e passou por seis meses de reforma com recursos do Governo do Estado. Ao todo, foram investidos R$ 301.435,16 nas obras. O governador Renato Casagrande, acompanhado da primeira-dama do Estado, Virginia Casagrande, e a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, participaram do evento.

Durante a cerimônia, foi feita a transferência da gestão da capela do Iphan para a Mitra Diocesana. O local ficará aberto para visitação de quarta-feira a domingo, das 8h às 17h. Os secretários de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, e de Turimo, Dorval Uliana; o vigário episcopal para Assuntos de Patrimônio da Mitra Diocesana, padre Paulo Régis Silvestre; e o presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, Getúlio Neves, também acompanharam a entrega.

Em seu discurso, o governador destacou a importância da preservação da história e do fomento ao turismo religioso, um segmento que o Espírito Santo tem forte vocação.

“Além de podermos alimentar a nossa fé, estamos preservando e resgatando a história. Essa capela faz parte do início da história de nosso Estado, então é muito bom que as pessoas possam conhecer e que formemos de fato um circuito de turismo religioso. Hoje à tarde o Iphan estará na Serra, junto com a nossa equipe, na Igreja dos Reis Magos, que também é linda. O Santuário de Anchieta será entregue no ano que vem e a [obra de restauro] na fazenda da Araçatiba, em Viana, também deve começar”, lembrou Casagrande.

Capela de Santa Luzia, em Vitória (Foto: Hélio Filho/Secom)
Capela de Santa Luzia, em Vitória (Foto: Hélio Filho/Secom)
Para Fabricio Noronha, a reforma da capela é importante na medida em que incentiva o turismo religioso e fortalece o Centro de Vitória. “Estamos entregando duas construções religiosas reformadas no mesmo dia. A Capela de Santa Luzia e a Igreja dos Reis Magos, na Serra. As duas obras são uma parceria do Governo com o Iphan”, explicou o secretário.

O acesso à capela foi readequado com corrimões para melhorar a acessibilidade. No restauro, foram conservados púlpito, esquadrias e forros e restaurados o telhado, a Capela-Mor, a imagem de Santa Luzia, bem como o revestimento interno e externo. Também foram substituídos os equipamentos hidráulicos, a iluminação e a fiação elétrica. Além disso, todo o tabuado de madeira no piso da nave, que havia sido afetado por infiltrações causadas pelas chuvas em 2013, foi refeito.

Capela de Santa Luzia

Construída no século XVI, a Capela de Santa Luzia é a edificação mais antiga de Vitória, fundada em 1551. Integrava uma grande fazenda construída também por uma residência, um engenho de açúcar e um espaço para a produção de farinha.

Erguida sobre uma pedra, com fundações e alicerces em alvenaria de pedra argamassada apoiados diretamente e visíveis nas fachadas lateral e frontal, a Capela de Santa Luzia compõe o principal conjunto edificado da Vila de Vitória. Já passou por significativas modificações tanto na edificação quanto em seu entorno, principalmente, durante as intervenções modernizadoras do século XX.

Considerado um bem de grande valor histórico e cultural, a Capela de Santa Luzia é um marco do início da colonização do Espírito Santo. O prédio funcionou como Igreja até 1928, depois como Museu de Arte Sacra do Espírito Santo durante o período de 1950 a 1970. Também já foi Galeria de Arte e Pesquisa da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) entre 1976 a 1994 e abrigou a Superintendência do Iphan-ES entre 1996 e 2001.

Governador Renato Casagrande, na entrega da Capela de Santa Luzia (Foto: Hélio Filho/Secom)
Governador Renato Casagrande, na entrega da Capela de Santa Luzia (Foto: Hélio Filho/Secom)

Serviço

Visitação à Capela de Santa Luzia
Endereço: Rua José Marcelino, bairro Centro – Vitória
Horário: 8h às 17h
De quarta a domingo
Entrada gratuita


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados