search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Estado confirma reajuste de 4% para policiais e bombeiros

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Estado confirma reajuste de 4% para policiais e bombeiros


Blitz da PM: reajuste para policiais  (Foto: Beto Morais - 12/04/2021)Blitz da PM: reajuste para policiais (Foto: Beto Morais - 12/04/2021)

Policiais e bombeiros militares vão ter reajuste de 4% do salário a partir do próximo mês. O aumento foi confirmado pelo governador Renato Casagrande, na manhã desta quinta-feira (24), em solenidade de transferência da capital do Estado para Cariacica - em comemoração ao aniversário da cidade. 

De acordo com o governo, o reajuste faz parte do Projeto de Lei Complementar (PLC) aprovado  pela Assembleia Legislativa do Estado (Ales) e sancionado pelo governador, em março de 2020. 

Esse reajuste ainda contempla inspetores penitenciários e agentes socioeducativos e foi dividido em três parcelas, cada uma de 4%. O primeiro reajuste ocorreu em julho de 2020. Na próxima quinta-feira (1), será feito o segundo reajuste e o último está previsto para 2022.

No caso dos policiais militares e civis, bombeiros e agentes e inspetores penitenciários, o reajuste será de cerca de 4%, com ganho real maior dependendo da patente e escalas especiais.

Como exemplo, um soldado da PM ou bombeiro, que tinha salário de R$ 2.875, ao fim de 2022 estará recebendo R$ 3.704.

No caso de um investigador da Polícia Civil, o salário em início de carreira passou de R$ 5.282 para R$ 5.493 em março. Ao fim de 2022, a remuneração será de R$ 6.245, enquanto que os delegados o subsídio inicial de R$ 10.410 passou para R$ 10.827, e ao fim de 2022 será de R$ 12.309.