X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Zverev supera Minaur em sets diretos e reedita semifinal de 2023 contra Casper Ruud


Alexander Zverev teve de batalhar muito por cada ponto, mas está nas semifinais de Roland Garros pelo quarto ano seguido, na qual terá pela frente Casper Ruud pela segunda edição consecutiva e buscará vingança. O norueguês não precisou entrar em quadra após desistência do atual campeão, Novak Djokovic. A vaga do alemão veio em vitória por sets diretos diante do australiano Alex de Minaur, parciais de 6/4, 7/6 (7/5) e 6/4 após 3h02.

Depois de superar duas batalhas de cinco sets, contra o holandês Tallon Griekspoor e diante do polonês Holger Hune, cabeças de chave 26 e 13, respectivamente, e em ambos buscando a virada, Zverev ainda tinha o físico como adversário. Mas jamais deu mostras de desgaste em um jogo tenso, com muitas reclamações de marcação de ambos os lados e com o árbitro, a todo momento, tendo de entrar na quadra para mudar ou confirmar marcações.

O primeiro set começou com quebra de Zverev para abrir 2 a 1 e devolução a seguir. Na sétima parcial, o alemão aproveitou novo break point e abriu vantagem para fechar em 6 a 4. A história foi parecida no segundo set, com o cabeça 4 quebrando e permitindo reação a seguir.

Sem novas quebras, a parcial acabou no tie-break. E Minaur foi logo fazendo 4 a 0, dando demonstrações de que empataria a partida. Mas, aos poucos, veio a reação e a virada. No primeiro set point, 7 a 5 para Zverev.

Mesmo com apoio da torcida, Minaur não embalava. E a primeira quebra no terceiro set veio em erro bobo do australiano. Ele tinha 15 a 40 e cometeu uma dupla falta, deixando Zverev bem perto da vitória com 4 a 2 e o serviço. Sem saídas, pressionou o saque do alemão e teve a chance de devolver a quebra. Mas a curta foi longa e depois parou na rede, ficando atrás com 5 a 2.

Quando tudo estava a favor de Zverev, o australiano resolveu ressurgir na partida e devolver a quebra, se salvando ao reduzir para 5 a 4. Mas havia a pressão de ter de sacar bem. E Minaur não conseguiu, mandando na rede o sonho de avançar às semifinais ao ser quebrado mais uma vez na parcial.

"Espero que eu possa vencer uma semifinal agora", afirmou Zverev, que tentará acabar com a sina de cair um jogo antes da decisão em Roland Garros. Em 2023, o alemão levou 3 a 0 de Ruud com direito a pneu no último set. O algoz de 2022 foi o espanhol Rafael Nadal. Ele ainda havia sido eliminado pelo grego Stefanos Tsitsipas em 2021.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: