X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vitória conquista classificação histórica na Copa do Brasil

| 06/02/2020 22:17 h | Atualizado em 07/02/2020, 13:24

Vitória e CSA/AL se enfrentaram no Salvador Costa
Vitória e CSA/AL se enfrentaram no Salvador Costa |  Foto: Vitor Nicchio / Vitória FC

Histórico! Pela primeira vez na sua centenária história, o Vitória passou de fase na Copa do Brasil. Em um jogo emocionante no Salvador Costa, o time da Capital bateu o CSA/AL de virada por 2 a 1 e avançou para a segunda fase da competição nacional.

O time alagoano abriu o placar com Allano, mas o atual campeão capixaba empatou com o lateral Cássio, ainda no primeiro tempo, e virou no início da segunda etapa com o craque Edinho.

O clube de Bento Ferreira ainda ficou com um a menos aos a expulsão de Cássio, que levou o segundo cartão amarelo aos 28 minutos da etapa final, mas conseguiu administrar o resultado histórico.

É a quarta participação do Vitória na Copa do Brasil. Em 2007, 2010 e 2011 o time alvianil não conseguiu avançar da primeira fase.

Na segunda fase, o Alvianil de Bento Ferreira vai encarar o Figueirense, que jogando mais cedo nesta quinta-feira bateu o Novorizontino por 2 a 1 fora de casa, e avançou para a segunda rodada.

O confronto entre o Vitória e o time catarinense será novamente no Salvador Costa, em jogo único. Nessa segunda fase, em caso de empate, o confronto será decidido nos pênaltis. A partida deve ser realizada entre o final de fevereiro e o início de março.

O visitante começou melhor a partida. Com menos de um minuto de jogo, Rodrigo Pimpão escorou de cabeça cruzamento vindo da direita e exigiu defesa de Harrison, que jogou para escanteio.

Aos sete minutos, a primeira chance do time capixaba. Em cobrança de falta, Edinho mandou a bola para o meio da área, o volante Lucas Barboza subiu de cabeça, mas mandou para fora.

No lance seguinte veio a resposta alagoana. O atacante Allano recebeu na entrada da área e bateu no canto, Harrison defendeu e no rebote Diego Maurício foi pego no impedimento.

Aos 21 minutos, não teve jeito. Após bola cruzada na área, Renatinho finalizou forte, a bola desviou na zaga e sobrou para Allano, que só empurrou para o gol para abrir o placar.

Aos poucos o Vitória foi se acertando em campo e passou a tocar a bola no campo de ataque, sem fazer uso da ligação direta. Aos 28, Toni Galego exigiu a primeira defesa de Caique.

No minuto seguinte, Edinho quase abriu o placar de cabeça. A pressão continuou e, após receber passe de Edinho, Toni Galego finalizou rente a trave do goleiro do CSA.

Até então apagado na partida, Baiano apareceu na melhor chance do Vitória, aos 38 minutos. O atacante recebeu de Rodrigo César, avançou na área e chutou a bola na trave direita!

E a pressão capixaba foi recompensada no fim da primeira etapa. Aos 42, Edinho cobrou escanteio, Ferrugem escorou e Cássio empatou a partida: 1 a 1!

Torcida compareceu em peso no Salvador Costa para acompanhar Vitória e CSA/AL pela Copa do Brasil
Torcida compareceu em peso no Salvador Costa para acompanhar Vitória e CSA/AL pela Copa do Brasil |  Foto: Vitor Nicchio / Vitória FC

Segundo tempo

O Vitória manteve o volume no início da segunda etapa, e conseguiu a virada aos 4 minutos. Em contra-ataque, Edinho recebe de Jarles Baiano e chuta firme no canto direito do goleiro, sem chances de defesa: 2 a 1!

Após o gol, o CSA avançou em busca do empate. Mas quem quase marcou novamente foi o Vitória. Aos 12, Cássio recebeu de Galego, invadiu a área e chuta rasteiro perto do canto esquerdo.

Aos 28 minutos, o lateral Cássio fez falta em Rodrigo Pimpão, leva segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso, deixando o Vitória com um jogador a menos em campo.

Mesmo em desvantagem, o Vitória criou outra chance. Aos 32, Edinho bateu forte de fora da área, Caíque fez a defesa. Depois, o camisa 20 deixou o jogo aplaudido para entrada de Thainler.

No fim, o time Alvianil segurou os alagoanos nos últimos minutos, até o apito final e a classificação história estar garantida! Futebol capixaba na segunda fase da Copa do Brasil!

Ficha Técnica:
Vitória:
Harrison; Cássio, Ferrugem, Léo Breno e Jeferson; Lucas Barboza, Igor Pimentel e Rodrigo Cesar; Jarles Baiano (Chiquinho), Toni Galego (Ewerton) e Edinho (Thainler). Técnico: Rodrigo Fonseca

CSA/AL: Caique; Norberto, Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha; Yago (Bruno José), Jean Cléber, Renatinho (Jarro Pedroso) e Allano (Bilú); Diego Maurício e Rodrigo Pimpão. Técnico: Maurício Barbieri

Gols: primeiro tempo – Allano, aos 21; Cássio, aos 42 minutos. Segundo tempo – Edinho, aos 4 minutos
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Cartão vermelho: Cássio (Vitória)
Público: 1389 pagantes (1512 presentes)
Renda: R$ 38.915,00

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS