X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Verstappen vence o GP da Espanha de F-1, e Norris, com carro mais rápido, é 2º


Max Verstappen venceu o GP da Espanha de Fórmula 1 neste domingo e conquistou sua 61ª vitória após uma boa estratégia da Red Bull. O britânico Lando Norris, da McLaren, largou na pole position e terminou na segunda colocação, mas não gostou do resultado. O terceiro lugar ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes, que conquistou seu primeiro pódio na temporada.

"Tivemos que fazer uma corrida defensiva porque Lando e a McLaren eram muito rápidos", afirmou Verstappen, que chegou pouco mais de 2 segundos à frente de Norris. O piloto britânico terminou com a volta mais rápida, mas demonstrou insatisfação. "Deveríamos ter vencido. Tínhamos o carro mais rápido, mas perdemos no início", afirmou Norris, referindo-se à largada.

Pole position, Norris tentou diminuir o espaço de Verstappen, que saiu do seu lado. George Russell, que ocupava a quarta posição no grid, aproveitou o espaço deixado por Norris, fez a primeira curva por fora e assumiu a liderança. Norris e Verstappen entraram na curva lado a lado, mas o tricampeão estava por dentro e saiu na frente, mantendo o segundo lugar.

No final da segunda volta, Verstappen ouve pelo rádio da Red Bull que aquela poderia ser uma ótima oportunidade e agiu. Ultrapassou a Mercedes de Russell e assumiu a liderança. Depois disso, a vantagem de Verstappen na liderança foi aumentando.

Na 16ª das 66 voltas, Russell e Carlos Sainz, que estava na quinta colocação, foram para os boxes. A Ferrari conseguiu uma troca muito mais rápida do que a Mercedes (2,2 segundos contra 5,6), e Russell e Sainz voltaram lado a lado, mas com o inglês na frente.

Verstappen fez uma parada muito rápida (1,9 segundo) na 18ª volta e retornou à pista na quarta posição, atrás de Norris, Charles Leclerc, da Ferrari, e Oscar Piastri, da McLaren, que ainda não haviam trocado de pneus. O piloto da Red Bull reassumiu a liderança na 24ª volta, quando Leclerc foi ao boxes.

Na disputa pela sexta colocação, Lewis Hamilton, da Mercedes, atacou Sainz na primeira curva do 19º giro e quando estavam lado a lado houve um leve toque. A ultrapassagem gerou reclamação do espanhol, que apontou uma manobra ilegal.

Após todos os pilotos completarem uma parada, Norris aparecia em quinto lugar, atrás de Sainz. Na frente estavam Verstappen, Russell e Hamilton. O piloto da McLaren, então, ultrapassou Sainz e Hamilton e protagonizou uma bela disputa com Russell na volta 35. Norris passou à frente na curva 3, levou o troco na 4, mas assegurou a segunda posição na curva 6.

Ao assumir a segunda colocação, Norris estava mais de 8 segundos atrás do líder Verstappen, mas com pneus mais conservados. Quando o piloto da Red Bull foi aos boxes para sua segunda parada, a vantagem já havia diminuído para menos de 5 segundos. Verstappen voltou na terceira colocação.

Norris parou para trocar os pneus três voltas depois de Verstappen e quando retornou à pista estava novamente 8 segundos atrás do líder, com o mesmo tipo de pneus, macios. A diferença chegou a cair para menos de 3 segundos na volta final, mas Verstappen administrou a vantagem para conquistar mais uma vitória.

Verstappen lidera o Mundial com 219 pontos. Norris assumiu a segunda posição com 150, dois a mais do que Carles Leclerc, da Ferrari.

A próxima etapa do Mundial será na Áustria, com o treino classificatório e a corrida sprint no dia 29 junho e o GP no dia 30.

Confira a classificação final do GP da Espanha

1 - Max Verstappen (RBR), em 1h28min227

2 - Lando Norris (McLaren), a 2s219

3 - Lewis Hamilton (Mercedes), a 17s790

4 - George Russell (Mercedes), a 22s320

5 - Charles Leclerc (Ferrari), a 22s709

6 - Carlos Sainz (Ferrari), a 31s028

7 - Oscar Piastri (McLaren), a 33s760

8 - Pierre Gasly (Alpine), a 30s021

9 - Sergio Pérez (RBR), a 59s524

10 - Esteban Ocon (Alpine), a 62s025

11 - Nico Hulkenberg (Haas), a 71s889

12 - Fernando Alonso (Aston Martin),a 79s215

13 - Guanyu Zhou (RB), a uma volta

14 - Lance Stroll (Aston Martin), a uma volta

15 - Valtteri Bottas (Sauber), a uma volta

16 - Kevin Magnussen (Haas), a uma volta

17 - Daniel Ricciardo (RB) , a uma volta

18 - Alexander Albon (Williams), a uma volta

19 - Yuki Tsunoda (RB), a uma volta

20 - Logan Sargeant (Williams), a duas voltas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: