X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Verstappen diz que estava 'sem ritmo' e atribui 2º lugar na Inglaterra à estratégia da Red Bull


Acostumado a dominar a Fórmula 1 nos últimos anos, Max Verstappen viveu situação incomum neste domingo. O atual tricampeão mundial afirmou que estava "sem ritmo" em sua Red Bull durante o GP da Inglaterra. E atribuiu o segundo lugar na corrida à estratégia bem-sucedida da sua equipe.

"Nós simplesmente não tínhamos ritmo hoje. Eu comecei a ficar mais lento desde o início da corrida", comentou o holandês, que também esteve longe de empolgar nos treinos no Circuito de Silverstone. Ele largou em quarto, não brilhou ao longo da prova e sequer ameaçou a vitória de Lewis Hamilton.

"Em algum momento, ficou claro que não estávamos bem. Eu comecei a pensar: 'vamos terminar a prova em quinto ou sexto lugar?' Mas nós tomamos as decisões corretas, principalmente quando trocamos os pneus slicks para os intermediários. E, depois, quando saímos do intermediário e voltamos para os compostos slicks. Acho que as mudanças foram feitas nas voltas corretas", analisou.

A principal chave do pódio holandês foi a última troca, quando a equipe optou pelos pneus duros, em vez dos macios, que foi a escolha da maioria dos pilotos na reta final da corrida. "No final, o pedido da equipe para usar pneus duros em vez de macios definitivamente me ajudou, e é por isso que acho que também terminamos em segundo hoje. Poderia ter sido muito pior, mas tomando as decisões certas ainda subimos ao pódio e estou, claro, muito feliz com isso."

O fraco rendimento da Red Bull no fim de semana na Inglaterra surpreendeu, mas não ameaça o domínio de Verstappen na temporada. Ele continua com ampla vantagem no Mundial de Pilotos, com 255 pontos, contra 171 do britânico Lando Norris, que desperdiçou boas oportunidades no GP diante de sua torcida e ficou em terceiro lugar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: